sexta-feira, setembro 30, 2016

Andebol: Belenenses multado em 400 euros

http://www.osbelenenses.com/home/wp-content/uploads/2015/10/12140821_1058637720814126_7720874734801519347_n.jpg

Em causa o jogo com o Avanca
O Belenenses foi multado em 400 euros, na sequência dos incidentes registados na receção ao Avanca, em jogo da 5ª jornada, disputado (domingo) no Pavilhão Acácio Rosa, no Restelo. O órgão disciplinar da Federação (FAP) abriu, igualmente, um inquérito disciplinar, depois do ‘burburinho’ que originou a paragem do duelo, durante 40 minutos, que acabou por ser favorável (32-29) ao Avanca.
João Florêncio Jr, treinador do Belenenses, ficou mais descansado, pois o boletim de jogo foi passível de relatório disciplinar: "A minha maior preocupação tinha a ver com a situação do meu jogador, Filipe Pinho, que reagiu, alegadamente, a uma agressão de um adepto do Avanca, que foi identificado pelo árbitro. Fico contente por o meu jogador não ter sido castigado."
Recorde-se que na sequência dos incidentes, o Belenenses protestou o jogo, reclamação que não teve eco no registo disciplinar divulgado ontem pela FAP.

quinta-feira, setembro 29, 2016

Velázquez: «Objetivo é dar continuidade a esta boa dinâmica»

Velázquez: «Objetivo é dar continuidade a esta boa dinâmica»
- " Técnico antevê deslocação a Chaves
O treinador do Belenenses afirmou esta quinta-feira que quer dar continuidade à "boa dinâmica" frente ao Chaves, num encontro da sétima jornada da I Liga entre duas equipas "muito similares".

"Estamos numa dinâmica muito boa. Levamos cinco jogos sem perder e a equipa está a dar boas indicações com e sem bola. O nosso objetivo é dar continuidade a esta boa dinâmica", começou por dizer Julio Velázquez, em conferência de imprensa.

O técnico espanhol dos azuis, que fazia a antevisão da visita a Trás-os-Montes, marcada para sábado, antecipou um "jogo complicado", considerando que os flavienses têm "qualidade para estar a meio da tabela", mesmo levando em conta que são uma equipa "recém-chegada à I Liga".


"Neste momento, as duas equipas têm os mesmos golos marcados e sofridos. Somos equipas de um perfil muito similar, com o mesmo número de pontos. Pode ser um jogo muito equilibrado e poderá ser decidido pela equipa que controlar melhor os detalhes", frisou.

Por outro lado, Velázquez recusou qualquer vantagem dos transmontanos, pelo facto de o técnico adversário, Jorge Simão, ter orientado o Belenenses há duas épocas.

"Hoje em dia, todas as equipas se conhecem e, por isso, não penso que haja vantagem. Do plantel atual [do Belenenses], só cinco trabalharam com o Jorge Simão", referiu.

O treinador da formação de Belém confirmou ainda a "baixa importante" do médio Vítor Gomes, que se lesionou na ronda anterior, enquanto Yebda e Tiago Caeiro vão permanecer em dúvida até à véspera do jogo.

Belenenses e Desportivo de Chaves, ambos com nove pontos, jogam no sábado, a partir das 16:00, no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves, numa partida que será dirigida pelo árbitro Fábio Veríssimo, da Associação de Futebol de Leiria.

Autor: Lusa

Clássico na Taça de Portugal : Acadérmica- Belenenses

 
Estão definidos os adversários de Benfica, FC Porto e Sporting na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal. As águias jogam no terreno do 1.º Dezembro (Campeonato de Portugal Prio), os leões no campo do Famalicão (2.ª Liga) e os dragões no estádio do Gafanha (Campeonato de Portugal Prio). Já o Sp. Braga, detentor do título, enfrenta a Oliveirense (Campeonato de Portugal Prio).

Os duelos estão agendados para o dia 16 de outubro.

Encontros sorteados:


Gafanha-FC Porto
Oliveirense-Sp. Braga
Sertanense-Tondela
Real-Arouca
Alcanenense-Feirense
Académica-Belenenses
1.º Dezembro-Benfica
Trofense-V. Setúbal
Santa Clara-Rio Ave
Santa Iria-V. Guimarães
Naval-Marítimo
U. Leiria-Boavista
Estarreja-Nacional
Aves-P. Ferreira
Caldas-Estoril
Vizela-Moreirense
U. Madeira-Chaves
Famalicão-Sporting
Mortágua-Cova da Piedade
Sp. Covilhã-Freamunde
Penafiel-Amarante
Praiense-Farense
Gil Vicente-Casa Pia
Aljustrelense-Limianos
Cinfães-Benfica Castelo Branco
Torreense-Ac. Viseu
Oriental-Barreirense
Varzim-Recreio Águeda
Merelinense-Leixões
Sanjoanense-Lusitano VRSA
Sernache-Vilafranquense
Fátima-Olhanense

Taça de Portugal - 3.ª eliminatória: Académica - Belenenses

- " Taça de Portugal-Conheça os jogos da 3.ª eliminatória
Resultado do sorteio da 3.ª eliminatória da Taça de Portugal, já com a presença dos clubes da Liga, todos na condição de visitantes.

Gafanha – FC Porto

Oliveirense – SC Braga

Sertanense – Tondela

Real Massamá – Arouca

Alcanenense – Feirense

Académica - Belenenses

1.º Dezembro – Benfica

Trofense – V. Setúbal

Santa Clara – Rio Ave

Santa Iria - V. Guimarães

Naval - Marítimo

UD Leiria - Boavista

Estarreja - Nacional

Aves – Paços de Ferreira

Caldas – Estoril

Vizela – Moreirense

União Madeira – Chaves

Famalicão – Sporting

Mortágua – Cova da Piedade

Covilhã – Freamunde

Penafiel – Amarante

Praiense – Farense

Gil Vicente – Casa Pia

Mineiro Aljustrelense – Limianos

Cinfães – Benfica Castelo Branco

Torreense – Viseu

Oriental - Barreirense

Varzim – Águeda

Merelinense – Leixões

Sanjoanense – Lusitano VRSA

Vitória Sernache – Vilafranquense

Fátima - Olhanense

Os jogos estão marcados para 16 de outubro.

Taça de Portugal: Académica-Belenenses

Taça de Portugal: veja o que ditou o sorteio

- " 3.ª eliminatória já conta com equipas da I Liga

O sorteio da terceira eliminatória da Taça de Portugal, deitou a deslocação do FC Porto a casa do Gafanha, a visita do Benfica ao 1.º de dezembro, e a ida do Sporting a Famalicão.
Nesta ronda, além dos 46 clubes que se qualificaram para esta fase, que ainda inclui um representante dos Distritais, vai contar ainda com os dezoito clubes da Liga. Um total de 64 equipas que vão ditar 32 jogos na prova rainha do futebol português.
As regras ditam que as equipas da I Liga não se podem defrontar entre si, e jogam como visitantes:
Gafanha-FC Porto
AD Oliveirense-Sp. Braga
Sertanense-Tondela
Real Massamá-Arouca
Alcanenense-Feirense
Académica-Belenenses
1º Dezembro-Benfica
Trofense-V. Setúbal
Santa Clara-Rio Ave
Santa Iria-V. Guimarães
Naval-Marítimo
U. Leiria-Boavista
Estarreja-Nacional
Desp. Aves-Paços de Ferreira
Caldas-Estoril
Vizela-Moreirense
U. Madeira-Desp. Chaves
Famalicão-Sporting

Sobrinho de Ronaldo escolhe... Belenenses como clube

Sobrinho de Ronaldo escolhe... Belenenses como clube

- " Kátia Aveiro orgulhosa lembra que "o melhor do mundo começou no Andorinha"
Dinis, o filho mais novo de Kátia Aveiro, parece querer seguir as pisadas do tio, Cristiano Ronaldo, e até já escolheu o clube onde iniciar a carreira. E a sua preferência recaiu sobre o... Belenenses.

A novidade foi dada pela mãe, que nas redes sociais se mostrou orgulhosa do "puto" que "até tem alguma coisa ali que mais cedo ou mais tarde vai despontar", assegura.

Sobre o facto do filho, de 6 anos, ter escolhido o Belenenses, Kátia Aveiro lembra que também Ronaldo não começou no Sporting, mas no Andorinha. "Estou a torcer por ti meu craque ...o importante é que te divirtas", diz a cantora que revela ainda que Dinis é "avançado como o tio".

Vítor Gomes está de fora da partida com o Chaves

Vítor Gomes está de fora da partida com o Chaves
Sofreu uma lesão muscular na face anterior da coxa esquerda
Vítor Gomes será baixa para o encontro de sábado, às 16 horas, em Chaves. O médio sofreu uma lesão muscular na face anterior da coxa esquerda frente ao Arouca e foi obrigado a sair. Ontem, os exames complementares de diagnóstico confirmaram o pior.
Esta contrariedade cria um problema acrescido para Julio Velázquez, que está carenciado de referências para a zona central ofensiva depois da saída de Carlos Martins. Neste cenário, admite-se que possa desviar Miguel Rosa para o centro ou que opte por alterar o sistema, apostando num 4x4x2, com dois trincos e dois médios interiores.
Ainda no plano das lesões, é igualmente improvável que Velázquez possa contar com Yebda e Tiago Caeiro. O médio argelino já sobe ao relvado, mas tem vindo a trabalhar limitado devido a queixas nos adutores, enquanto Tiago Caeiro sofreu uma lesão muscular frente ao V. Guimarães, não tendo ainda subido ao relvado. Admite-se que o avançado comece hoje a ser integrado progressivamente nos trabalhos do plantel.
Regresso ao trabalho
O plantel volta hoje aos treinos após a folga de ontem com uma sessão de trabalho agendada para as 10 horas, à porta fechada, após a qual Julio Velázquez fará a antevisão da partida de Chaves em conferência de imprensa marcada para as 12h45.

quarta-feira, setembro 28, 2016

Vítor Gomes com lesão muscular

Vítor Gomes
- " Vítor Gomes sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda na partida com o Arouca (1-1) e dificilmente estará apto para o duelo do próximo sábado, em Chaves. Um problema acrescido para Julio Velásquez, que terá de encontrar uma alternativa para o médio de 28 anos, que vinha sendo um dos mais utilizados nas últimas jornadas, lê-se na edição desta quarta-feira de A BOLA.

Vítor Gomes gera preocupação

Vítor Gomes gera preocupação
- " Lesionou-se na coxa esquerda com o Arouca e pode falhar a deslocação a Chaves
O minuto 79 do jogo entre o Belenenses e o Arouca pode ter ditado o afastamento de Vítor Gomes do próximo compromisso dos azuis, agendado para sábado, às 16 horas, em Chaves.
O médio criativo, de 28 anos, lesionou-se na face anterior da coxa esquerda numa jogada perto da área do Arouca. Foi de imediato assistido, mas tornou-se impossível prosseguir a partida, tendo sido rendido por Andric. Resta agora saber se o jogador é recuperável para Chaves, sabendo-se que o plantel está carenciado de elementos que organizem o jogo ofensivo desde a rescisão de Carlos Martins.
Vítor Gomes foi contratado para preencher o meio-campo ofensivo dos azuis. Com técnica e boa visão de jogo considerou-se que era a opção certa para suprir a ausência de Martins. Caso não recupere, a organização do jogo ofensivo dos azuis vai ressentir-se.
Para já, não existem grandes certezas. Vítor Gomes vai submeter-se hoje a novos exames de avaliação e só depois disso será possível aferir o verdadeiro estado físico do jogador. Neste momento, está em dúvida.
Yebda e Caeiro
Em dúvida continuam ainda Yebda e Tiago Caeiro. O primeiro subiu ontem ao relvado para realizar alguns exercícios e fazer corrida. Admite-se que possa recuperar, mas é uma incógnita. Já a situação de Tiago Caeiro, com uma lesão muscular, é mais complicada, visto que nem pisou o relvado.

Autor: João Pedro Abecasis

terça-feira, setembro 27, 2016

Julio Velázquez:"Surpreendeu-me que o Arouca tenha jogado para o empate"


Julio Velázquez não ficou incomodado com o empate, depois de o Belenenses ter estado em vantagem.
Atitude: "Primeiro quero dar os parabéns à minha equipa. Os jogadores fizeram um trabalho excecional e estou tremendamente orgulhoso deles. Com este grupo vou até ao fim do mundo. Foi uma equipa que quis ganhar do primeiro ao último minuto. Conquistámos um ponto, mais um jogo sem perder e mantivemos a boa dinâmico, mas acho que merecíamos ganhar, visto que fomos sempre melhores. Ainda assim, garantimos mais um ponto. O Belenenses foi totalmente superior. Estou muito contente com os jogadores."


Arouca: "Surpreendeu-me que uma equipa como o Arouca, com grande potencial e com objetivos europeus, tenha jogado para o empate. Procurámos somar os três pontos, mas não conseguimos. Há cinco jogos consecutivos que não perdemos. Vamos continuar nesta linha."


Lito acusou Belenenses de não ter tido coragem e Velázquez respondeu

Lito acusou Belenenses de não ter tido coragem e Velázquez respondeu



- " Treinador do Belenenses repetiu o nome do homólogo do Arouca, mas também lançou algumas farpas


Julio Velázquez entrou na sala de imprensa do Estádio do Restelo cerca de um minuto depois de Lito Vidigal sair. O técnico do Arouca deixou alguns reparos ao Belenenses, que disse ter desperdiçado uma boa oportunidade para vencer por não ter tido ambição nem coragem.
Confrontado com as declarações do técnico dos arouquenses, Julio Velázquez encolheu os ombros e limitou-se a dizer: «É o Lito Vidigal.» Ainda assim, o treinador espanhol não se ficou e considerou mesmo estar surpreendido por ver uma equipa com «tanto potencial» jogar para o empate.

segunda-feira, setembro 26, 2016

«Com este grupo vou até ao fim do mundo» – Velázquez

Velázquez
Embora tivesse lamentado o empate, em casa, frente ao Arouca (1-1), o técnico do Belenenses, Julio Velázquez elogiou o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido e o facto de não terem perdido.

«Primeiro quero dar os parabéns à minha equipa. Os jogadores fizeram um trabalho excecional e estou tremendamente orgulhoso deles. Com este grupo vou até ao fim do mundo. Foi uma equipa que quis ganhar do primeiro ao último minuto. Conquistámos um ponto, mais um jogo sem perder e mantivemos a boa dinâmico, mas acho que merecíamos ganhar, visto que fomos sempre melhores. Ainda assim, garantimos mais um ponto. O Belenenses foi totalmente superior», afirmou Velázquez, em declarações à Sport TV.

Belenenses e Arouca empatam (1-1) no fecho da jornada

Kuca em disputa com João Diogo
A 6.ª jornada da Liga terminou com empate a uma bola no Restelo entre Belenenses e Arouca. Os azuis marcaram primeiro, por intermédio de Abel Camará, aos 15 minutos, mas no início da segunda parte Kuca restabeleceu a igualdade. Com este empate, o Belenenses passa a somar 9 pontos, enquanto o Arouca tem apenas 4.

Confusão no Restelo deverá ter consequências disciplinares

Confusão no Restelo deverá ter consequências disciplinares
Florêncio (à direita) defende Pinho

- " Incidentes do Belenenses-Avanca, que foi interrompido durante 40 minutos
A confusão que levou a que o jogo de anteontem, entre o Belenenses e o Avanca, no Restelo, tivesse sido interrompido durante 40 minutos deverá ter consequências disciplinares.

Tudo aconteceu depois de Filipe Pinho, atleta dos azuis, ter sofrido uma lesão num pé. O jogador foi para o banco e num desconto de tempo entretanto solicitado envolveu-se numa altercação com adeptos do Avanca, acabando por ver um cartão vermelho direto.

Segundo o treinador do Belenenses, João Florêncio Jr, Filipe "apenas terá respondido a uma agressão", por isso o clube do Restelo, que perdeu, acabou por protestar o jogo. "Julgo que o Belenenses tanto pode vir a ter o pavilhão interditado, como o Avanca perder os pontos", frisou o técnico, considerando que a arbitragem "teve muita influência no jogo".


O treinador do Avanca, por sua vez, diz que também não se apercebeu da agressão. "O jogo esteve 40 minutos parado e os árbitros fizeram um relatório disciplinar. Não percebo por que o Belenenses apresentou um protesto", explicou-nos Carlos Martingo.

domingo, setembro 25, 2016

Velázquez: «Tudo pelos três pontos»

Velázquez: «Tudo pelos três pontos»

- " Azuis do Restelo recebem Arouca de Lito Vidigal
O técnico espanhol do Belenenses Julio Velázquez anteviu muitas dificuldades para o encontro de 2.ª feira (20 horas) entre a sua equipa e o Arouca e considerou mesmo favorita a formação comandada por Lito Vidigal, técnico que também já passou pelo Restelo.

"Vai ser uma partida muito difícil, porque o nosso adversário tem muita qualidade e possui, na minha opinião, o sexto melhor plantel do campeonato português. É um conjunto que luta por um objectivo europeu e, por tudo isso, considero que são favoritos", sublinhou em conferência de imprensa neste domingo.

A filosofia dos azuis, contudo, não muda, como observou. "Mantemos as nossas ideias e os nossos princípios. Vamos colocar em campo o nosso jogo e tudo faremos para conseguirmos , sabendo que estamos com uma boa dinâmica. Por outro lado, estou muito orgulhoso do grupo que tenho, que trabalha muito bem e está muito unido. Faremos tudo para conquistar os três pontos".


O treinador não pode contar para o jogo de amanhã com Yebda e Tiago Caeiro, ambos com problemas de ordem física.

Miguel Rosa só será feliz se ganhar títulos no Restelo

Miguel Rosa
Miguel Rosa está a cumprir a sexta época no Belenenses e é cada vez mais um símbolo dos azuis, ainda que não se sinta como tal.

«Não me vejo como um símbolo, mas sinto que sou importante num clube desta dimensão. É um privilégio jogar no Belenenses», congratulou-se, em conversa publicada no Facebook do emblema do Restelo.

No total, Miguel Rosa tem já 167 jogos e 33 golos pelo Belenenses. E assume que «seria uma honra» atingir já esta época o jogo 200.

Aos 27 anos, mantém a ambição de quem «quer ser melhor todos os dias». Sente que só se sentirá completamente realizado se «ganhar um título pelo Belenenses».

«A nossa equipa tem valor para isso. E o clube merece títulos», junta.

sexta-feira, setembro 23, 2016

Jogadores cantaram os parabéns ao clube

Foto: O
Belenenses comemora esta sexta-feira o seu 97.º aniversário e o plantel principal de futebol não quis faltar às comemorações.
Jogadores, equipa técnica e dirigentes da SAD dos azuis juntaram-se para, todos juntos, cantarem os parabéns ao Belenenses, numa iniciativa que foi partilhada, com um vídeo em direto, na página de Facebook oficial da SAD. O bolo (azul, claro) com o formato de uma camisola e com o número 97, alusivo aos anos de vida do clube, serviram para a comemoração.

Gonçalo Brandão, capitão de equipa, formado no Belenenses, foi quem apagou as velas.

Patrick Morais de Carvalho: «É vital recuperar futebol profissional»

Patrick Morais de Carvalho: «É vital recuperar futebol profissional»

- " Quer reaver ações da SAD
Outra das vertentes abordadas no âmbito da requalificação e sustentabilidade futura do Belenenses foi a possível recompra da SAD. Patrick Morais de Carvalho faz questão de observar que a sua direção "está ativa em várias frentes", considerando que o Belenenses "só será viável enquanto instituição se puder recuperar o seu futebol profissional".

"O clube teve o seu futebol durante 95 anos e com tudo o que temos para oferecer à nossa principal equipa, as valências que teremos a nível de infraestruturas, designadamente centro de estágio, campos de treino e com a unidade que desejamos, considero vital que o Belenenses tenha capacidade, seja pela via judicial ou negocial, de recuperar o seu futebol profissional", observa.

A verdade é que o acordo parassocial foi há muito denunciado pela SAD, correndo o processo em tribunal, estando previstas decisões para o início do ano. Patrick Morais de Carvalho mostra-se confiante. "Ficou bem patente numa das últimas assembleias que é preciso recuperar a maioria do capital da SAD. Neste momento, as relações são institucionais e esperamos uma decisão favorável quanto aos dois processos que correm no Centro de Arbitragem da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa. Acredito que vai ser reposta a ordem natural das coisas. O Belenenses quer voltar a apropriar-se das ações que detinha e das que estavam parqueadas na Beléminveste", afirma.


Refira-se que o primeiro processo em tribunal relaciona-se com a conta-corrente e o esclarecimento de algumas cláusulas entre clube e SAD sobre instalações e contrapartidas do futebol de formação; e o segundo prende-se com a interpretação do contrato de compra e venda das ações e com o acordo parassocial.

Rosell rendido a Velázquez

Rosell rendido a Velázquez
Mostra-se entusiasmado com o trabalho já desenvolvido 
Firme no miolo do Belenenses, Oriol Rosell está à procura de dar novo fulgor à sua carreira. Agora sob as orientações de Julio Velázquez, o médio cedido pelo Sporting mostra-se entusiasmado com o trabalho já desenvolvido ao lado do compatriota. "Está a correr tudo muito bem desde a pré-época. A verdade é que gosto muito de como é capaz de planificar tudo na semana dos jogos. Por exemplo, se jogarmos no sábado, a carga começa muito forte no início da semana e vai diminuindo. Esta dinâmica ajusta-se às minhas características", revelou o espanhol, de 24 anos, em entrevista ao site ‘Fútbol Portugués Desde España’.

Além de destacar que "os planos de Velázquez estão a funcionar muito bem", Rosell ainda lembrou a final da Taça de Portugal de 2014/15, frente ao Sp. Braga (2-2, 3-1 pen.), na qual ficou no banco do Sporting. "Nunca desistimos. Todos confiávamos que podíamos dar a volta e foi justo o que aconteceu. Foi a prova de que nunca se pode relaxar", atirou.

quarta-feira, setembro 21, 2016

Palhinha a evoluir em trio intocável

João Palhinha
Quatro jornadas seguidas a pontuar desde o desaire com o Vitória de Setúbal, no Bonfim (0-2) e o jovem João Palhinha, emprestado pelo Sporting, firma-se no onze e entre os imprescindíveis de Julio
Velásquez. O médio foi determinante no jogo com o Vitória, marcando o golo que deu o empate à equipa de Belém.

A par do guarda-redes Ventura e do lateral Florent, o médio é um dos totalistas de minutos (450) na Liga.

No outro lado da moeda, Gonçalo Silva, Yebda e Joel Pereira aguardam a chance de se estrearem esta época.

Yebda regressa sem limitações

Yebda regressa sem limitações
Pode ser opção para o jogo diante do Arouca
Yebda, o único jogador ausente de Guimarães devido a problemas físicos, treinou-se ontem sem limitações na sessão ligeira promovida por Julio Velázquez.

O argelino pode ser opção para o jogo diante do Arouca. Sem mais impedimentos, o técnico pode apresentar a melhor equipa no jogo de segunda-feira, às 20 horas.

terça-feira, setembro 20, 2016

Yebda será opção para o Arouca

Yebda
O plantel do Belenenses regressa esta tarde ao trabalho para iniciar a preparação do jogo com o Arouca. Uma partida para a qual Julio Velásquez deverá ter todo o plantel à disposição, tendo em conta que Yebda será reintegrado durante a semana, lê-se em A BOLA.

segunda-feira, setembro 19, 2016

Yebda é a única preocupação

Yebda é a única preocupação
Argelino ressentiu-se de lesão
O jogo em Guimarães não deixou marcas físicas nos jogadores dos azuis. Daí que a única preocupação se prenda agora com a recuperação de Yebda.

O argelino ressentiu-se de lesão muscular na semana passada e ficou impedido de defrontar os vimaranenses, mas os responsáveis clínicos do Belenenses acreditam que o médio recupere a tempo do jogo com o Arouca.

Miguel Leal: «Estou certo que Palhinha vai afirmar-se no Sporting»

Miguel Leal: «Estou certo que Palhinha vai afirmar-se no Sporting»
Treinador que lançou Palhinha em 2015/16 no Moreirense, elogia jogador dos azuis 
João Palhinha, médio formado no Sporting e que foi cedido esta época ao Belenenses, estreou-se ontem a marcar na Liga principal, afirmando-se também como um dos totalistas dos azuis juntamente com Ventura e Florent. A evolução evidenciada desde que atua ao mais alto nível leva Miguel Leal, treinador que o lançou no Moreirense na Liga NOS, em 2015/16, a ter uma certeza: "Palhinha vai afirmar-se no Sporting e no futebol português."
O treinador não está surpreendido com o papel que o médio tem assumido no Belenenses e lembra a experiência no Moreirense, onde Palhinha contabilizou 29 jogos. "Na época passada revelava debilidades próprias da fase que atravessava, mas mostrou sempre espírito de entrega. Jogou muito porque trabalhava bastante, ofensiva e defensivamente", explica.
No sábado, em Guimarães, com Miguel Leal a ver, as virtudes detetadas na época passada revelaram-se aprimoradas. "Está mais tranquilo no posicionamento e no controlo de bola. Fez um golo, o que nem é a sua especialidade, mas que pode ser um fator a explorar devido à sua estatura", frisa. Quanto à influência que Palhinha pode ter no Restelo, Miguel Leal remete a resposta para o técnico dos azuis, mas está certo que "jogadores que treinem tão bem e sejam tão dedicados não são fáceis de encontrar".

domingo, setembro 18, 2016

Palhinha satisfeito com empate

Palhinha satisfeito com empate

Fez o 1-1
Palhinha satisfeito com empate
- " Fez o golo do empate, 1-1 
O Belenenses saiu de Guimarães com um empate e João Palhinha foi o autor do golo dos azuis. O médio, que se encontra emprestado pelo Sporting, admitiu alguma felicidade pelo resultado final. "Começámos o jogo um bocado a dormir, mas fomos melhorando. Admito que nos primeiros 25 minutos não estivemos ao nosso nível. Crescemos depois do golo do V. Guimarães", recordou João Palhinha, comentando também o golo do empate: "Claro que fico feliz por ter marcado, mas o mais importante foi termos saído de Guimarães com pontos. O Vitória é uma excelente equipa e saímos felizes com este empate."

Com o resultado de ontem, os azuis do Restelo já somam 8 pontos nas 5 jornadas realizadas. "Temos trabalhado muito. Esse é o nosso segredo. Os jogadores conhecem-se bem e o entrosamento é grande", finalizou Palhinha. 

Velázquez: «Um golo em fora-de-jogo»

Velázquez: «Um golo em fora-de-jogo»

- " Contesta primeiro golo da partida
O Belenenses manteve a tradição e não perdeu em Guimarães. Julio Velázquez reconheceu as dificuldades iniciais, mas, no final, saiu satisfeito com o empate.

"Sabíamos que o V. Guimarães é uma equipa muito intensa e, principalmente a jogar em casa, costuma entrar forte. Foram superiores a nós no início da partida, marcaram um golo em fora-de-jogo, mas a minha equipa soube reagir", recordou, prosseguindo: "Acabámos bem a 1ª parte e fomos ainda melhores na segunda. A equipa esteve compacta, equilibrada e fez boas chegadas. Criámos várias oportunidades de golo e saímos daqui contentes."