terça-feira, Setembro 02, 2014

Sturgeon renova por quatro anos

Fábio Sturgeon (foto ASF)

- " Fábio Sturgeon renovou contrato com o Belenenses por mais quatro épocas.

A SAD decidiu premiar um jogador que, com apenas 20 anos, «tem dado mostras do seu enorme talento, profissionalismo e dedicação», lê-se em A BOLA.

Belenenses terá recusado Carlos Martins e Urreta

Belenenses terá recusado Carlos Martins e Urreta

 - " Benfica facilitava saída dos jogadores 

O Belenenses terá recusado a contratação de Carlos Martins e Urreta, que foram oferecidos pelo Benfica no fecho da janela de transferências, revelou fonte da SAD do clube do Restelio à Agência Lusa.

Os dois jogadores, que não entram nos planos de Jorge Jesus para a nova época, acabaram por não reforçar o emblema do Restelo, uma vez que o médio Tiago Silva manifestou a intenção de continuar no Belenenses, apesar das propostas que tinha em carteira, e o avançado Fábio Sturgeon renovou o contrato até 2018.

Foi já esta segunda-feira que a SAD do Belenenses comunicou ao Benfica a intenção de não contratar Carlos Martins, que estaria disposto a rescindir o contrato que o liga ao clube da Luz até 2016, para assinar pelo clube de Belém.

Já a contratação de Urreta foi inviabilizada no final da semana passada, sendo que, entretanto, o extremo uruguaio rescindiu o contrato com o Benfica e assinou pelo Paços de Ferreira.

Desta forma, o Belenenses não terá qualquer reforço de última hora, tendo fechado o plantel no domingo, com as aquisições do lateral direito Nélson e do guarda-redes Ventura.

Belenenses recusou Carlos Martins e Urreta


Os dois jogadores não entram nos planos de Jorge Jesus para a nova época.
Carlos Martins a caminho do Restelo
Carlos Martins não entra nos planos de Jorge Jesus para a nova época
- " Os dois jogadores não entram nos planos de Jorge Jesus para a nova época.
O Belenenses recusou a contratação dos futebolistas Carlos Martins e Urreta, que foram oferecidos pelo Benfica nos últimos dias do "mercado" de transferências, revelou hoje fonte da SAD dos "azuis" à Lusa.
Os dois jogadores, que não entram nos planos de Jorge Jesus para a nova época, acabaram por não reforçar o emblema do Restelo, uma vez que o médio Tiago Silva manifestou a intenção de continuar no Belenenses, apesar das propostas que tinha em carteira, e o avançado Fábio Sturgeon renovou o contrato com os "azuis", até 2018, segundo adiantou a mesma fonte.
De resto, foi precisamente durante o dia de hoje que a SAD do Belenenses comunicou ao Benfica a intenção de não contratar Carlos Martins, que estaria disposto a rescindir o contrato que o liga aos "encarnados" até 2016, para assinar pelo clube de Belém.
Já a contratação de Urreta foi inviabilizada no final da semana passada, sendo que, entretanto, o extremo uruguaio já rescindiu o contrato com as "águias" e assinou pelo Paços de Ferreira.
Desta forma, o Belenenses não terá qualquer reforço de última hora, tendo fechado o plantel no domingo, com as aquisições do lateral direito Nélson e do guarda-redes Ventura.

Fábio Sturgeon e Abel Camará renovam vínculos

 
 Fotos: PEDRO SIMÕES
 - " Dupla continua ao serviço dos azuis
O Belenenses anunciou esta segunda-feira a renovação de contrato com Fábio Sturgeon e Abel Camará. Os dois jogadores vão continuar ao serviço dos azuis do Restelo, sendo que apenas a duração do vínculo de Sturgeon foi conhecida: 4 anos.

Sturgeon vai ficar ligado ao clube até 2019/20, enquanto Abel Camará ainda terá uma questão extra para resolver, embora não mexa com a renovação de contrato, como se pode ler em comunicado.

"O Abel Camará foi vítima de agressão durante o fim de semana, quando tentou defender o seu irmão de agressões que estava a ser alvo.

Segundo o Regulamento Interno de Os Belenenses, SAD, o Abel Camará podia sair na noite em que os factos ocorreram, mas à hora a que ocorreram já devia ter regressado a casa.

O assunto será tratado à luz do Regulamento Interno", pode ler-se no Facebook oficial do clube.

segunda-feira, Setembro 01, 2014

Fábio Sturgeon renovou por quatro temporadas

Belenenses: Fábio Sturgeon renovou por quatro temporadas

 - " Jovem avançado vai continuar no Restelo

Fábio Sturgeon, avançado do Belenenses, renovou com o clube do Restelo por mais quatro temporadas.

O jovem jogador, de 20 anos, está no Belenenses desde os 16 anos.

Camará renova apesar das agressões

- " A SAD prolongou o contrato do avançado e defende que este foi "vítima de agressões" na madrugada de sábado. O único reparo é que isso aconteceu fora das horas permitidas pelo regulamento interno
A SAD do Belenenses acaba de anunciar a renovação do contrato do avançado Abel Camará, em resposta "ao profissionalismo e pela qualidade que o jogador demonstrou nos primeiros meses desta temporada, e pelo compromisso de Abel Camará com o Belenenses". É, desta forma, e sem revelar o tempo do novo contrato, que a SAD decidiu premiar o avançado, ao mesmo tempo que confirmou as notícias de este ter sido alvo de agressões com faca na madrugada de sábado passado, na discoteca Luanda.

"Abel Camará foi vítima de agressão durante o fim de semana, quando tentou defender o seu irmão das agressões de que estava a ser alvo. Segundo o Regulamento Interno de Os Belenenses, SAD, Abel Camará podia sair na noite em que os factos ocorreram, mas à hora a que ocorreram já devia ter regressado a casa", lê-se. Ou seja, Camará será alvo de inquérito, "à luz do Regulamento Interno", da SAD.

Nélson: «Ainda tenho grandes planos na minha carreira»

 - " Defesa-direito satisfeito com desafio
Nélson chegou a Lisboa com o objetivo de relançar a sua carreira. O defesa direito, de 31 anos, esteve esta última temporada no Almería, emprestado pelo Palermo, clube com o qual terminou agora contrato.

"Não venho acabar a minha carreira a Lisboa ou a Portugal. Não tinha previsto regressar tão cedo, mas as pessoas do Belenenses convenceram-me a vir e aqui estou, para ajudar a equipa a concretizar os seus objetivos. Ainda tenho grandes planos para a minha carreira e representar um dos grandes clubes de Portugal vai ajudar-me, seguramente, a conseguir o que ainda pretendo para o futuro", afirmou o internacional português à sua assessoria de comunicação e imagem.

E prosseguiu: "Não sei o que é isso de um passo atrás ou um passo à frente na minha carreira. É um passo que aceitei dar, porque se trata de um clube de enorme prestígio em Portugal e porque acreditei nas pessoas que me convenceram a vir. E a partir daqui não tenho de me preocupar com passos atrás ou à frente, porque tinha outras hipóteses, financeiramente mais atrativas. Mas a carreira de um jogador não é só dinheiro, temos família e outras prioridades. Fiz uma escolha e não me vou arrepender dela. Só tenho mesmo de agradecer ao presidente da SAD e ao treinador por confiarem em mim. É o mais importante, sentir a confiança deles".

Nélson não poupou elogios ao clube do Restelo. "Depois de ter representado o Boavista, agora chegou a vez do Belenenses. Os dois únicos clubes que venceram um campeonato, fora os três grandes de Portugal. Quantos clubes, em Portugal, não gostariam de dizer o mesmo? É por isso que eu digo que o Belenenses é um dos clubes grandes de Portugal. E é".

Camará renova com azuis mas não se livra de processo disciplinar

- " A SAD do Belenenses anunciou, esta segunda-feira, que renovou contrato com o avançado Abel Camará, destacando o «profissionalismo e a qualidade» demonstrados pelo jogador, que esta época regressou ao Restelo.

O organismo que tutela o futebol do clube azul dá, assim, um voto de confiança a Camará, que foi agredido na noite de sábado durante uma rixa numa discoteca de Lisboa.

A SAD do Belenenses garante que Camará estava autorizado a sair na noite em questão, mas referiu que à hora em que os factos ocorreram o jogador «já devia ter regressado a casa», pelo que o assunto será tratado «à luz do regulamento interno» do clube.


Camará esfaqueado numa rixa em discoteca

Abel Camará (foto ASF)

- " Abel Camará, avançado do Belenenses, foi esfaqueado numa rixa na discoteca Luanda, em Lisboa, na madrugada de domingo, escreve A BOLA na sua edição de segunda-feira.

domingo, Agosto 31, 2014

Hugo Ventura apresentado no Restelo

Hugo Ventura (foto D.R.)

- " O guarda-redes de 26 anos, Hugo Ventura, que na época passada representou o Rio Ave, foi hoje apresentado como novo reforço do Belenenses.

O jogador fez a sua formação no FC Porto e conta com passagens pelo Olhanense, Portimonense, Sporting e Rio Ave.

SAD oficializa Nélson

Foto Facebook Belenenses (foto D.R.)
- " O Belenenses oficializou este domingo a contratação do lateral Nélson, que chegou ontem ao Restelo e foi confirmado por Lito Vidigal depois do jogo com o V. Guimarães.

O clube publicou na página do Facebook uma foto do jogador com a camisola azul.

Carlos Martins perto

 - " SAD ultima empréstimo do médio com o Benfica

O Belenenses está muito perto de garantir a contratação do médio do Benfica Carlos Martins. Por agora, ainda não há acordo entre todas as partes, mas o mesmo está próximo de ser alcançado, segundo apurou o nosso jornal. Ao que tudo indica, o jogador internacional português vai rumar ao Belenenses emprestado, pois a rescisão contratual entre Carlos Martins e os encarnados é um cenário que nem sequer está a ser equacionado.

A SAD do Belenenses tenta, por isso, que seja o Benfica a pagar uma parte substancial do vencimento do médio, que é incomportável para os cofres do Restelo. Neste processo, a sociedade anónima dos azuis tem a seu favor a vontade do jogador, pois este pretende continuar a competir ao mais alto nível, o que não tem vindo a acontecer. O médio (32 anos) está, desde a época anterior, a treinar-se com a equipa B do Benfica, pela qual jogou na 2.ª Liga.

Nélson confirmado

O lateral-direito Nélson esteve presente no Estádio do Restelo a assistir ao encontro com o V. Guimarães. O também internacional português ainda não foi oficializado como reforço do Belenenses, mas Lito Vidigal confirmou a contratação do jogador, tal como Record anunciou. “O Nélson vai fazer a equipa mais forte”, limitou-se a dizer o técnico, agradado com a chegada do defesa.

sábado, Agosto 30, 2014

Futsal: Sporting e Benfica na final da Taça de Honra da AFL

 
 - " Ambos venceram os entros das meias finais ( CFB 2-3 SLB e LPS 0-2 SCP)
Sporting e Benfica vão disputar a final da Taça de Honra da AFL após terem vencido os respetivos jogos das meias-finais. Os campeões nacionais em título bateram os Leões de Porto Salvo por 2-0, com Caio Japa e Alex a inscrever o seu nome na lista de marcadores. Por outro lado, as águias derrotaram o Belenenses num renhido 3-2. Os azuis faturaram por Hugo Eduardo e João Pires e até estiveram a vencer por dois golos. Os encarnados responderam e o reforço Alessandro Patias encarregou-se de marcar os três golos do conjunto de Joel Rocha.

A final da prova disputa-se na segunda-feira, a partir das 21 horas no Pavilhão Multiusos de Odivelas.

Lito Vidigal: «Serve de aprendizagem»

 - " Triste por perder a possibilidade de ganhar 3 jogos seguidos
Lito Vidigal lamentou o primeiro desaire no campeonato (0-3), diante do Vitória de Guimarães, referindo que os seus jogadores poderia ter alcançado "qualquer coisa de especial" caso o Belenenses tivesse conseguido vencer o terceiro jogo consecutivo na competição.

"Até à expulsão, estávamos a fazer um jogo interessante. Depois, sofremos dois golos de bola parada e temos de dar mérito ao adversário, mas não é um jogo que me deixe preocupado. Fiquei triste, porque tivemos a possibilidade de fazer qualquer coisa especial. Depois de estarmos a perder 2-0, sempre senti que poderíamos fazer qualquer coisa diferente, mas não conseguimos. Mesmo a perder, procurámos fazer um golo", adiantou em declarações prestadas no final do desafio, alvitrando o que poderá acontecer daqui para a frente já com Nélson confirmado como reforço.

"Serve de aprendizagem. Esta equipa manteve a base da época passada e tivemos um campeonato extremamente difícil. À terceira jornada da época passada, tínhamos zero pontos. Agora temos seis pontos. A equipa teve caráter. O terceiro golo deixou-nos mais intranquilos, mas tivemos nobreza até ao último minuto. Temos jogado com um central adaptado [Palmeira] a lateral direito. Era uma das posições que precisávamos de colmatar. O Nélson é mais um jogador que vem acrescentar e que vem trabalhar para tornar a nossa equipa mais forte".

«Nélson vem tornar a equipa mais forte» - Lito Vidigal

Nélson assistiu ao jogo no Restelo (foto ASF)
Nélson assistiu ao jogo no Restelo

- " O treinador do Belenenses confirmou a chegada de Nélson para reforçar a posição de lateral-direito mas recusou comentar a possível chegada do médio Carlos Martins.

«Temos jogado com um central adaptado [Palmeira] a lateral direito. Era uma das posições que precisávamos de colmatar. O Nélson é mais um jogador que vem acrescentar e que vem trabalhar para tornar a nossa equipa mais forte», disse após a derrota (0-3) com o Vitória de Guimarães, no Restelo.

Questionado sobre Carlos Martins: «Só falo de situações concretas. Tenho falado com o presidente sobre isso. Ele sabe que precisamos de mais alguns jogadores e sabe quais são as posições. Quando houver certezas poderemos anunciar.»

«Serve de aprendizagem» - Lito Vidigal


- " O treinador do Belenenses diz que a derrota (0-3) em casa com o Vitória de Guimarães não preocupa e elogiou a postura dos jogadores do primeiro ao último minuto.

«Até à expulsão, estávamos a fazer um jogo interessante. Depois, sofremos dois golos de bola parada e temos de dar mérito ao adversário, mas não é um jogo que me deixe preocupado. Fiquei triste, porque tivemos a possibilidade de fazer qualquer coisa especial. Depois de estarmos a perder 2-0, sempre senti que poderíamos fazer qualquer coisa diferente, mas não conseguimos. Mesmo a perder, procurámos fazer um golo», disse no final do encontro, considerando que a derrota com os minhotos no Restelo «serve de aprendizagem».

«Esta equipa manteve a base da época passada e tivemos um campeonato extremamente difícil. À terceira jornada da época passada, tínhamos zero pontos. Agora temos seis pontos. A equipa teve caráter. O terceiro golo deixou-nos mais intranquilos, mas tivemos nobreza até ao último minuto», atirou.

Lito Vidigal: «Não é um jogo que me deixe preocupado»

Lito Vidigal: «Não é um jogo que me deixe preocupado»
- " Lito Vidigal, treinador do Belenenses, depois da derrota frente ao Vitória de Guimarães, por 3-0, em jogo a contar para a terceira jornada da Liga:

«Antes de ter acontecido a expulsão estávamos a fazer um jogo interessante. Entramos bem, depois sofremos três golos de bola parada, temos de dar mérito ao adversário. Não é um jogo que me deixe preocupado, fiquei um pouco triste porque tivemos oportunidade de fazer algo especial, algo diferente, mas não conseguimos. Mas mesmo estando a perder procurámos fazer o golo ate ao apito final.»

«Esta equipa é a base da época passada, que foi extremamente difícil, na altura à terceira jornada tínhamos zero pontos. A equipa tem crescido, tem caráter, em determinados momentos antes de sofrermos os golos estivemos melhor, mas tivemos nobreza ate ao último apito do árbitro. Estou contente.»

Lito l: «Carlos Martins? Quando houver certezas podemos anunciar»


Vidigal: «Carlos Martins? Quando houver certezas podemos anunciar»

- " Médio dos quadros do Benfica apontado ao Restelo

O treinador do Belenenses, Lito Vidigal, foi questionado sobre a possível chegada de Carlos Martins ao clube, conforme noticia A Bola neste sábado. 

«Só falo em situações concretas. Tenho falado com o presidente sobre o que precisamos. Quando houver certezas, podemos anunciar», respondeu o treinador.

Martins é uma possibilidade para o meio-campo dos azuis do Restelo. Já Nelson, soube-se neste sábado, é uma certeza na lateral-direita.

Nelson no Belenenses: «Vem tornar-nos mais fortes»

Nelson no Belenenses: «Vem tornar-nos mais fortes»

- " Lateral-direito assina por uma época

Nelson vai jogar no Belenenses por uma temporada.

O lateral-direito que passou pelo Boavista e pelo Benfica já esteve neste sábado no Restelo, a assistir ao encontro com o V. Guimarães.

O treinador dos lisboetas, Lito Vidigal, comentou que esta sempre foi uma necessidade da equipa.

«Temos jogado com laterais adaptados». disse o técnico. Palmeira tem sido utilizado naquela posição e é central de origem.

«Desde o início que temos falado que precisamos [de um lateral-direito], por isso, o Nelson vem tornar a nossa equipa mais forte», declarou o treinador, sobre o internacional português.

Belenenses-V. Guimarães, 0-3 (crónica) De bola parada para a liderança

Belenenses-V. Guimarães, 0-3 (crónica)
- " Três triunfos consecutivos, média de três golos por jogo. O Vitória lança-se em grande à liderança da Liga, na qual dorme nesta noite de sábado. Os minhotos chegaram ao Restelo em igualdade pontual com os lisboetas, mas foram muito melhor equipa, interpretaram melhor as incidências que a partida dava e e bateram uns azuis que não aprenderam nada em relação ao que aconteceu na semana passada, no mesmo estádio.

Houve um jogo antes da expulsão de Nii Plange e outro depois. Normalmente, assim acontece quando uma equipa fica reduzida a dez unidades. Até esse minuto 21, a disputa pela liderança do campeonato foi boa, ritmada, com lances nas duas áreas. Num canto, André André atirou à trave, num vislumbre do que vinha lá para a frente; do outro lado, Miguel Rosa deixava Dantas na cara de Douglas, com o médio a desperdiçar.

Depois, a expulsão. O Vitória protestou a cor do cartão, enquanto o Belenenses ficava com mais uma unidade. Não era uma novidade para a equipa de Lito Vidigal. Tinha acontecido o mesmo uma semana antes, com o Nacional. Estranhamente, porém, o Belém perdeu o controlo do jogo outra vez. O Vitória organizou-se em 4x4x1 e os lisboetas nunca souberam rasgar as linhas adversárias. Miguel Rosa bem tentava, mas as más decisões atrás e, sobretudo, a voltaram a surgir e o Vitória conseguiu chegar mais vezes do que se suponha à frente.

Ora, até aí, outra coisa já se tinha percebido também. O Belenenses sofria com as bolas paradas do Vitória. Seria uma constante no jogo, seria o que determinou o resultado final. Matt Jones ainda evitou o 1-0 num primeiro remate de Hernâni, de fora da área, colocou na barra o cabeceamento de Defendi no canto consequente, mas não evitou a recarga de André André. Com menos um, os vimaranenses sorriam e fechavam punhos. O jogo acabara de ficar bastante baralhado com uma equipa em inferioridade numérica, mas em vantagem no marcador.

O Vitória defendeu a liderança como se tratasse do castelo de Guimarães, fechou-se bem e, estrategicamente, fez das bolas paradas as ocasiões para ferir o rival do fim de semana. Novo canto e Cafú a obrigar Matt Jones, de novo, a grande defesa. Exatamente como no 1-0, no canto consequente, Tomané fez o 2-0 e derrotou o Belenenses.

Os lisboetas nunca mais entraram no jogo. Nem mesmo com as trocas de Lito Vidigal. Miguel Rosa desapareceu aos poucos, Dantas só voltou a surgir perto do final, Camará nunca esteve verdadeiramente na partida. Havia ainda Matt Jones, que para terminar uma má tarde do Belenenses colocou dentro da baliza um livre de Alex.

Enfim, o Vitória colocou a nu muitas das dificuldades que o Belenenses tem. Frente ao Nacional, elas tinham surgido, mas foram disfarçadas com uma bomba de Fredy. Desta feita, nem Fredy, nem Mailó, nem Rosa, nem Deyverson valeram. Razão para Lito Vidigal, que pôs travão à euforia e tem lembrado as dificuldades da época passada. E elas estão ao virar da esquina, se o Belenenses continuar a desperdiçar vantagens numéricas, ainda para mais em casa.

Quanto ao Vitória: sólido que nem uma muralha na defesa, letal no ataque. Há ali muita rapidez em Hernâni, Alex e Bernard. Mas convém referir que André André é, também ele, um pilar. Talvez o principal, que cola toda uma estrutura que parece saber bem o que faz em campo e mostra níveis de eficácia impressionantes.

O Vitória já não fazia três triunfos seguidos nas três jornadas inaugurais desde 2002/03. Nesse ano, ficou em lugar europeu. Talvez seja cedo para uma candidatura, mas também há coisas que não acontecem por acaso, como ser organizado em todos os momentos do jogo (foi aqui, pelo menos) e ter um plano para todos eles. O triunfo passou por aí.

Belenenses-Vitória Guimarães, 0-3 (resultado final)


Belenenses-Vitória Guimarães, 0-3 (resultado final)

 - "Vimaranenses são líderes isolados à condição.

O Vitória Guimarães foi este sábado vencer, ao Restelo, o Belenenses por 3-0, em jogo da 3ª jornada da Liga.

Jogo ao minuto e ficha de jogo

André André, aos 26 minutos, Tomané, aos 38, e Alex, aos 58, assinaram os golos dos vimaranenses, que assumem a liderança isolada da tabela à condição.
Mais artigos:

V. Guimarães vence Belenenses (3-0)


André (foto ASF)

- " O Vitória de Guimarães saiu do Restelo com um triunfo por 3-0 sobre o Belenenses, dando seguimento à caminhada 100 por cento vitoriosa na Liga. Mesmo em inferioridade numérica devido à expulsão de Nii Plange, aos 21 minutos, os minhotos chegaram à vitória por intermédio de André, Tomané e Alex.



Veja aqui a ficha do jogo