domingo, Novembro 23, 2014

Futsal: Belenenses vence Póvoa (6-1)


Carlos Teixeira, treinador do Belenenses (foto ASF)
- " O Belenenses venceu este domingo o Póvoa, por 6-1, no Restelo, partida da 11.ª jornada do Campeonato Nacional de futsal.

A ronda fica completa no próximo dia 8 de dezembro, com a realização do encontro entre o Sporting e o Unidos Pinheirense.

Resultados:

Sábado
SL Olivais - Modicus, 3-3
Fundão - SC Braga, 3-5
Boavista -- Benfica, 4-6
Dramático Cascais - Burinhosa, 3-4
Leões de Porto Salvo - Rio Ave, 3-4

Domingo
Belenenses - Póvoa Futsal, 6-1

8 de dezembro
Sporting - Unidos Pinheirense

Classificação:
1. Benfica 11 jogos/ 31 pontos
2. SC Braga 11 /28
3. Sporting 10 / 27
4. Burinhosa 11 / 19
5. Leões Porto Salvo 11 / 16
6. Fundão 11 / 15
7. Dramático Cascais 11 / 15
8. SL Olivais 11 / 15
9. Modicus 11 / 14
10. Boavista 11 / 10
11. Belenenses 11 / 10
12. Póvoa Futsal 11 / 10
13. Rio Ave 11 / 9
14. U. Pinheirense 10 / 3

Lito Vidigal: «Foi mais difícil do que pareceu»

 
- " Diz que golo madrugador deu segurança
Lito Vidigal explicou a base da vitória por 5-0 diante do Trofense. Para o treinador dos azuis, o jogo não foi assim tão fácil.

"Marcar logo a abrir deu-nos segurança. Trabalhámos durante a semana para entrar em força e resolver o jogo o mais rápido possível. Correu tudo bem, mas foi mais difícil do que pareceu. O Trofense é uma equipa complicada, só que os meus jogadores mostraram sempre grande atitude e determinação. Estão de parabéns. Ainda não ganhámos nada, mas este início está a ser bastante positivo para nós", concluiu.

sábado, Novembro 22, 2014

Belenenses goleia Trofense (5-0)

- " O Belenenses assegurou a passagem aos oitavos de final da Taça de Portugal ao bater o Trofense por 5-0, em jogo disputado na Trofa.

Tiago Caeiro, logo no primeiro minuto de jogo, colocou os azuis em vantagem no marcador. Um golo de Jairo na própria baliza, aos 16 minutos, e um remate certeiro de Abel Camará, aos 41, deram à equipa comandada por Lito Vidigal uma vantagem de 3-0 à entrada para o intervalo.

Na etapa complementar, Deyverson, 71 minutos, e Tiago Silva, 82, fixaram o resultado final em 5-0.

Trofense-Belenenses, 0-5 Uma história demasiado simples


TP: Trofense-Belenenses, 0-5 (crónica)
 - " Será difícil encontrar uma eliminatória mais… fácil de explicar.
 
Nem um minuto conseguiu o Trofense ter de esperança perante duelo tão desequilibrado.
 
De um lado, um Belenenses arrumado, a fazer um excelente percurso na I Liga, com um técnico que sabe o que quer e empresta um grande pragmatismo a qualquer desafio, seja ele na Luz para a Liga ou…na Trofa para a Taça.
 
Do outro, um Trofense desorganizado, desgarrado, sem classe.
 
Quase tudo bem do lado azul; quase tudo mal do lado da equipa da casa.
 
O golo de Tiago Caeiro, ao primeiro minuto, foi esclarecedor: facilidades concedidas pela defesa do Trofense, 0-1 no primeiro lance do jogo.
 
A vida num minuto
 
Ainda só estávamos no primeiro minuto mas já havia a ideia de que o Trofense tinha… perdido a vida naqueles breves segundos. 

Estava visto: ia ser uma tarde muito triste para os adeptos do Trofense. 

O Belenenses esteve perto do segundo nos minutos que se seguiram. A equipa da casa, numa espécie de bloqueio, demorou quase meia hora a fazer uma única jogada com princípio, meio e fim. 

Com domínio completo da partida, o Belenenses chegou, com naturalidade, ao 0-2, corria o primeiro quart de hora. Tiago Caeiro outra vez decisivo na jogada, Jairo a ajudar à festa, com autogolo. 

Ainda antes do intervalo, ainda houve tempo para o 0-3: Camará, bom remate, a faturar.

E segue a festa 

O Trofense ainda teve forças para dar um arzinho da sua graça nos primeiros minutos do segundo tempo, sonhando com o golo de honra. 

Mas foi sol de pouca dura: a partir dos 50/55 minutos, o Belenenses voltou a mandar e partiu para a goleada: 0-4 por Deyverson, ainda o 0-5, num belo golo de Tiago Silva.

Foi claro, justo, mas foi goleada quase.. deprimente, que nem permitiu que se sentisse o espírito de Taça, este sábado na Trofa.  
 

Filipe Ferreira fica de fora



 
 - " A razão para a ausência prende-se com o facto de o lateral-esquerdo ainda não ter o ritmo de jogo desejado pelo treinador Lito Vidigal.
Filipe Ferreira vai falhar hoje o quarto encontro consecutivo pelo Belenenses, apesar de já estar recuperado da lesão muscular que o afastou das partidas anteriores e de ter treinado integrado com o plantel nas últimas duas semanas.

A razão para a ausência prende-se com o facto de o lateral-esquerdo ainda não ter o ritmo de jogo desejado pelo treinador Lito Vidigal, que prefere guardá-lo para a receção ao Arouca, a contar para a I Liga. De resto, o guarda-redes Filipe Mendes, operado esta semana ao ligamento cruzado anterior do joelho direito, é o único ausente por lesão.






João Afonso e Camará espreitam lugar

- " Defesa e avançado devem regressar ao onze
João Afonso e Abel Camará deverão ser as novidades no onze que Lito Vidigal vai lançar em campo frente ao Trofense para tentar seguir em frente na Taça de Portugal.

O defesa não tem sido primeira opção da equipa técnica, mas é provável que refaça a dupla com João Meira no eixo da defesa dos azuis, à semelhança do que aconteceu em algumas partidas de épocas anteriores. Abel Camará, por seu lado, iniciou esta temporada a titular, mas perdeu o estatuto depois de se ter lesionado, devido a uma facada nas costas. Já refeito, tem agora a oportunidade de convencer Lito Vidigal.

De resto, o técnico dos azuis não deverá promover grandes alterações. A experiência vivida no jogo da terceira eliminatória frente à AD Oliveirense desaconselha grandes poupanças.

Dantas mais perto

O acordo entre o Belenenses e Rodrigo Dantas com vista à renovação de contrato parece estar em vias de se concretizar. Depois de no início das negociações se ter pensado que seria difícil um entendimento, as partes estão agora mais perto.

Ainda a propósito, a SAD encontra-se também a negociar a renovação de Filipe Ferreira e mais alguns elementos.

Inundações no Restelo

As chuvadas que caíram em Lisboa nos últimos dias deixaram marcas nos balneários e nas instalações da SAD do Belenenses, já que provocaram inundações em vários departamentos.

Lito Vidigal, o diretor desportivo José Luís e vários elementos do grupo de trabalho resolveram o problema sempre com boa disposição.

Sandra Brandão: «O Gonçalo é mesmo um pai e um marido perfeito»

 - " Conheceram-se em 2012. No ano seguinte, nasceu Yago e casaram-se. “Foi tudo muito rápido, mas tinha de ser. Há coisas que não podemos mudar”, conta a Record a hospedeira de bordo, por quem o jogador do Belenenses Gonçalo Brandão se apaixonou.

RECORD – Como se conheceram?

SANDRA BRANDÃO – Sou muito amiga da irmã dele. Ouvia falar muito do Gonçalo, mas não o conhecia porque estava a jogar em Itália, até que veio de férias e conhecemo-nos. Aí sim, não houve volta a dar... Uma história de amor forte.

R – Casaram-se este ano...

SB – Em junho. Nunca pensei no casamento. No ano passado surpreendeu-me com o pedido, estava grávida, quase a ter o bebé. O Yago já tinha quase um ano.

R – Namoravam há quanto tempo?

SB – Quando o Yago nasceu namorávamos há um ano. Conhecemo-nos em 2012 e em 2013 nasceu o nosso filho. Foi tudo muito rápido, mas tinha de ser. Há coisas que não podemos mudar.

R – O que a cativou?

SB – À medida que o fui conhecendo tinha a certeza que era especial. É muito amigo, companheiro. É uma pessoa bem formada e isso vê-se todos os dias em casa e na profissão.

R – É romântico?

SB – Sim. Investe muito no casamento, com pequenos miminhos no dia a dia.

R – E como é enquanto pai?

SB – Exemplar. Muito dedicado, interessado por tudo o que envolve o filho. Ajuda-me imenso.

R – Poucos dias depois de nascer Yago, teve de ir para a Roménia, onde estava a jogar. Foi difícil?

SB – Estava um pouco descansada porque sabia que dentro de pouco tempo íamos ter com ele. Custa sempre aqueles primeiros tempos do bebé, claro.

R – Gostavam de ter mais filhos?

SB – Sim, três.

R – Vai ao estádio?

SB – Sempre que posso vou vê-lo. Não vou mentir, o que me dá mais felicidade é saber que está bem, não se lesionou e, depois, claro que sempre que ganham é ótimo.

R – Como lida com a derrota?

SB – Sei que ele tenta não nos mostrar que fica chateado. Pior é a perder na PlayStation.

R – Como hospedeira de bordo e ele como jogador têm de se ausentar muitas vezes. Como fazem essa gestão?

SB – Muitas vezes estou fora do país e ele em estágio, mas temos os avós, uma grande ajuda. O Gonçalo, porém, ajuda-me imenso. Quando chego de um voo de manhã e tive a noite a trabalhar ele não me deixa fazer nada. Trata do nosso filho, leva-o à creche e se for fim de semana deixa-me descansar. É mesmo um pai e um marido perfeito.

sexta-feira, Novembro 21, 2014

Lito Vidigal chama 19 para viagem à Trofa


O treinador do Belenenses, Lito Vidigal, divulgou a convocatória para a partida de sábado – frente ao Trofense, referente à quarta eliminatória da Taça de Portugal –, composta por 19 jogadores.

Em relação à última convocatória, é de salientar a saída de Adilson e as entradas de Rodrigo Dantas e de Mailó.

Convocatória completa:

Guarda-redes: Matt Jones e Hugo Ventura;

Defesas: Gonçalo Brandão, João Afonso, João Meira, Nélson e Palmeira;

Médios: Bruno China, Pelé, Rodrigo Dantas, Tiago Silva, Miguel Rosa, Abel Camará, Fredy, Fábio Nunes e Fábio Sturgeon;

Avançados: Deyverson, Mailó e Tiago Caeiro

Sturgeon confiante para a Trofa

- " Fábio Sturgeon fez a antevisão do encontro frente ao Trofense para a Taça de Portugal. Apesar de mostrar respeito pelo adversário, o avançado português, de 20 anos, mostrou-se confiante.

«Somos favoritos, mas temos de o mostrar dentro de campo. Com a nossa atitude, querer e vontade, vamos passar a eliminatória», afirmou, em declarações que pode ler em A BOLA.

quinta-feira, Novembro 20, 2014

Sapunaru com proposta do Restelo

- " Sapunaru pode regressar a Portugal já em janeiro, para jogar no Belenenses. A BOLA revela esta quinta-feira que o lateral-direito romeno, de 30 anos, tem em mãos proposta do clube azul.

09:56 - 20-11-2014

Tiago Duque reforço garantido para Janeiro

 
Defesa-central já conseguiu o estatuto de titular indiscutível na equipa da Tapadinha
 - " Está cedido ao Atlético onde se tem destacado
Tiago Duque, defesa-central contratado ao Benfica no decorrer da última temporada e que se encontra cedido ao Atlético, vai integrar o plantel do Belenenses a partir de janeiro. O defesa junta-se, assim, a Pedro Cavadas, Carlos Martins, Ricardo Dias e Diogo Ribeiro, jogadores contratados recentemente e que só podem alinhar oficialmente em 2015.

O regresso de Tiago Duque – que terá a oportunidade de se estrear na Liga principal – insere-se numa remodelação que Lito Vidigal e a SAD estão a levar a cabo a pensar naquilo que falta desta temporada. Duque, refira-se, é titular indiscutível no Atlético, atua no lado esquerdo do eixo defensivo e está rubricar boas exibições desde o início desta época.

No sentido inverso, estão praticamente definidas algumas dispensas, três delas também no sector defensivo. Falamos de André Teixeira, Serginho e Kaká. O primeiro será emprestado, o segundo – contratado quando se soube que Palmeira seria mais utilizado na lateral – regressa ao Benfica e, finalmente, Kaká será transferido, havendo já propostas em cima da mesa.

Ainda de saída, e igualmente a título definitivo, estão Adilson e Mailó. Nenhum dos dois jogadores conseguiu impor-se no Restelo. Adilson regressou esta época depois do empréstimo ao U. Madeira, mas tem sido pouco utilizado, enquanto o cabo-verdiano Mailó, contratado no início da temporada ao Leixões, não está a conseguir convencer Lito Vidigal. Aliás, o Belenenses está a estudar algumas propostas que chegaram para os jogadores em causa.

Lito invicto com Trofense

Entretanto, Lito Vidigal continua a preparar a equipa para a deslocação à Trofa em jogo relativo à 4.ª eliminatória da Taça de Portugal e a história joga a seu favor. É que em três jogos oficiais nunca perdeu com o Trofense (duas vitórias e um empate). Caso o Belenenses vença no sábado, o treinador somará o nono triunfo da carreira na Taça de Portugal.

Noutro âmbito, o guarda-redes Filipe Mendes foi ontem submetido a uma intervenção cirúrgica ao ligamento cruzado anterior do joelho direito, no Hospital de São Luís, e deverá ter alta ainda hoje.

Está tudo a postos para caminhada das Salésias


- " A caminhada do Belenenses, que tem como objetivo celebrar o regresso às Salésias – local onde o clube teve o seu primeiro estádio, com relvado (na altura inédito em Portugal), – é já no dia 8 de dezembro. E está tudo a postos para a festa. Na apresentação do evento, que decorreu ontem, esteve presente o cantor Luís Represas, que é um grande adepto da equipa de Belém, e o treinador de futebolNeloVingada, entre outras figuras públicas. A inscrição para esta prova pode ser feita na secretaria do clube e tem o preço de 6 euros, com oferta de uma t-shirt.

quarta-feira, Novembro 19, 2014

«Se Carlos Martins vier com o espírito certo, teremos muito a ganhar» - Lito Vidigal

Lito Vidigal (foto ASF)

- " Lito Vidigal acredita que a experiência de Carlos Martins, médio de 32 anos que chega ao Restelo depois de ter rescindido contrato com o Benfica, pode revelar-se uma mais-valia para o jovem plantel do Belenenses.

«O Carlos Martins é um jogador com qualidade, é inegável. Tenho falado com ele, digo-lhe que a equipa tem jovens jogadores com qualidade e que pode acrescentar qualidade e sustentabilidade ao trabalho que eles têm feito. Se ele vier com o espírito certo, com um espírito coletivo, os nossos jovens jogadores terão muito a ganhar porque a equipa terá outros argumentos», salientou o treinador, em declarações à Renascença.

Carlos Martins poderá ser utilizado a partir de janeiro.

«Se Deyverson fosse para o Benfica ficaria feliz por ele» – Lito Vidigal

Deyverson (foto ASF)

- " O técnico do Belenenses, Lito Vidigal, considera que o avançado brasileiro Deyverson pode subir mais um patamar na carreira e que ficaria feliz se fosse para o Benfica.

«Ficaria feliz se Deyverson desse o salto para um grande do futebol português», afirmou Lito Vidigal, em declarações à Rádio Renascença.

O treinador do Belenenses revelou que o jogador esteve para ser cedido.

«Há três ou quatro meses, não jogava e esteve para ser emprestado. Cresceu e tem feito um campeonato interessante. Se mantiver o equilíbrio, terá êxito.»

Lito Vidigal gostaria que o avançado assinasse pelo clube encarado.

«Se fosse para o Benfica, ficaria feliz por ele. Se ficássemos sem ele, teríamos algumas dificuldades, mas teríamos que arranjar soluções.»

O Benfica tem 50 por cento do passe do jogador e direito de preferência.

Na Trofa para manter a tradição

 - " Azuis estiveram nas meias-finais em 2012/13
O Belenenses vai visitar o Trofense em jogo relativo à quarta eliminatória da Taça de Portugal para manter a tradição que tem na prova. Os azuis venceram o troféu em três ocasiões, marcaram presença na final por oito vezes e, em 2012/13, ainda na 2.ª Liga, chegaram às meias-finais frente ao V. Guimarães, equipa que levantou a Taça nessa época.

É por isso com espírito de conquista e a intenção de dar continuidade à boa campanha que vem sendo realizada no campeonato que Lito Vidigal encara a partida frente ao Trofense. “Temos de manter a atitude, jogar com seriedade e pensar em vencer”, alertou o técnico, certamente a pensar nas dificuldades por que passou na eliminatória anterior diante da AD Oliveirense (vitória por 3-2 no prolongamento).

Neste contexto, não estão previstas grandes alterações no onze que vai ser utilizado. Prevê-se mesmo que Lito Vidigal opte pelos jogadores que têm sido mais utilizados no campeonato, admitindo-se, contudo, que Ventura apareça na baliza em virtude das limitações com que Matt Jones tem trabalhado durante a semana. De resto, sem castigados ou lesionados, o treinador poderá apresentar-se na máxima força na Trofa.

Carlos Martins e Sturgeon já se treinaram ontem, enquanto Fredy, na seleção de Angola, esteve ausente.

Guardião operado

Filipe Mendes será submetido hoje a uma intervenção cirúrgica ao ligamento cruzado anterior do joelho direito. O guarda-redes lesionou-se durante uma sessão de treino e dificilmente jogará mais esta temporada.

Onze de gala na deslocação à Trofa

Lito Vidigal, treinador do Belenenses (foto ASF)
- " Para a deslocação do Belenenses ao reduto do Trofense, o treinador dos azuis, Lito Vidigal, poderá contar com o seu melhor onze para a partida, embora, na baliza, deva apostar em Ventura para o habitual lugar de Matt Jones, escreve A BOLA.

terça-feira, Novembro 18, 2014

Riascos pode chegar por empréstimo


- " Brayan Riascos, avançado colombiano que cumpre a segunda época no Trofense, é um dos nomes na agenda do Belenenses para reforçar o ataque já na reabertura do mercado.

O jogador, de 20 anos, não vai continuar no Trofense a partir de janeiro e, conforme escreve A BOLA esta terça-feira, a intenção será colocá-lo num clube da Liga.

Deste modo, Riascos poderia chegar ao Restelo por empréstimo.

segunda-feira, Novembro 17, 2014

Lito Vidigal: «Quarto lugar? Não há euforias entre nós»

 - " Belenenses a cinco pontos do líder Benfica
Lito Vidigal, treinador do Belenenses, não se deixa levar pela euforia que existe entre os adeptos devido ao bom momento que a equipa atravessa. O clube está em quarto lugar da Liga, a cinco pontos do líder Benfica.

"Numa semana em que todos falam é preciso transformar as palavras em trabalho. Não há nenhuma euforia entre nós. Não fizemos nada de mais até agora. É importante para os adeptos a classificação. Para nós, a responsabilidade tornou-se maior", disse.

O treinador do Belenenses não espera facilidades na delocação ao terreno do Trofense, último classificado da 2.ª Liga."Vai ser difícil. O Trofense joga bom futebol e tem bons. A classificação não condiz com a qualidade do plantel", referiu.

"Vamos encarar este jogo como todos os outros, de forma séria e ambiciosa. Na Taça de Portugal, a possibilidade de uma equipa menos forte chegar mais longe é maior", concluiu.

O Belenenses joga sábado (18 horas) frente ao Trofense, a quarta eliminatória da Taça de Portugal.

Southampton vai observar Matt Jones

Matt Jones, guarda-redes do Belenenses (foto ASF)

- " Escreve A BOLA esta segunda-feira que Matt Jones, guarda-redes inglês do Belenenses, irá ser observado pelo Southampton, clube da Premier League onde joga o português José Fonte, no jogo com o Arouca, na 11.ª jornada da Liga.

Matt Jones: «Fuzileiros foram experiência importantíssima»


Matt Jones à conversa com o jornalista João Pedro Abecasis
- " Diz que nunca se vai esquecer
R – Tem muitos episódios marcantes na sua vida enquanto profissional de futebol?

MJ – Há dois de que nunca mais me esqueço. O primeiro foi na primeira época nos Estados Unidos. Conseguimos o acesso ao playoff, o que nunca tinha acontecido. Foi muito importante, porque entrámos na história e esse feito vai ser sempre lembrado; o segundo foi a subida de divisão pelo Belenenses. Marcou-me muito. Realizámos uma época incrível, éramos todos amigos e o balneário era muito forte. Foi um ano de alegrias.

R – Aquela semana nos fuzileiros contribuiu para essa grande união...

MJ – Mais de vinte jogadores eram novos. Na altura, não gostei muito, mas foi muito importante para criar um grupo solidário. Foi duro, mas hoje não tenho duvidas em afirmar que foi uma experiência importantíssima. Nunca vou esquecer.

R – Ninguém estava à espera?

MJ – No balneário estava afixado o programa, que dizia “Fuzileiros”. Pensei que íamos para a praia. No autocarro percebi que não, mas foi fundamental para o Belém, porque aquele ano foi espetacular.

- " «Vítor Pereira campeão não me surpreendeu»
Diz que era uma questão de tempo
R – Ficou surpreendido ao ver Vítor Pereira sagrar-se campeão pelo FC Porto?

MJ – Apenas pela rapidez com que aconteceu, visto que conseguiu conquistar o título logo no primeiro ano em que pegou na equipa.

R – Esperava, então, que mais tarde ou mais cedo levasse o FC Porto ao título?

MJ – Claro. Não me surpreendeu nada o seu sucesso. Foi um dos melhores treinadores que tive durante a minha carreira. Tem muita qualidade e está acompanhado por uma boa equipa técnica.

R – Já teve três treinadores no Belenenses. Com qual se deu melhor?

MJ – Dei-me bem com todos e estou grato por terem apostado em mim, mas todos são muito diferentes. Foi o Mitchell que me lançou na Liga. Devo-lhe muito. Depois, o Marco Paulo, bom técnico que, por culpa nossa, não fez resultados. Finalmente, veio o Lito e os resultados estão à vista.

R – No seu caso, também mudou de técnico de guarda-redes...

MJ – Devo muito ao Luís Ferreira. Infelizmente, não está cá agora, mas o Tomaz entrou com energia. Faz um trabalho mais técnico, que é bom para eu melhorar.

- " «Satisfeito por ver Mitchell apto»
Conta que situação foi um choque
R – Um dos episódios mais marcantes da sua carreira terá sido a indisposição de Mitchell van der Gaag em pleno jogo frente ao Marítimo. Como viveu essa situação?

MJ – Foi um choque para toda a gente, inclusivamente para o público, mas ninguém sabia exatamente aquilo que estava a passar-se.

R – Como souberam?

MJ – O jogo era muito importante para nós, porque vínhamos de quatro derrotas consecutivas e lembro-me de ver o médico ao lado do Mitchell, mas mesmo durante o intervalo apenas nos disseram que o nosso treinador estava a sentir-se mal e que se tinha tratado de uma indisposição. Só mais tarde é que soubemos da gravidade da situação. Ninguém esperava um episódio daqueles. Felizmente, sei que o Mitchell já está a 100 por cento e, segundo li nos jornais, autorizado a trabalhar em qualquer clube. Isso é espetacular e estou muito satisfeito vê-lo apto e poder voltar à atividade.

- " Matt Jones: «Podemos ganhar a qualquer adversário»
acredita no triunfo na Taça
Este artigo é exclusivo para Assinantes Record Premium










- " «Quero chegar ao mais alto nível»
Guarda-redes preenchido de ambição









Este artigo é exclusivo para Assinantes Record Premium

domingo, Novembro 16, 2014

Azuis fazem homenagem a Vicente Lucas


- " Decorreu este domingo, num restaurante da Costa da Caparica, uma homenagem a Vicente Lucas, antiga glória do Belenenses, organizada por Firmino Xavier, um associado do clube azul.

O almoço contou com a presença de 50 pessoas, incluindo Patrick Morais de Carvalho, o novo presidente do Belenenses, e alguns antigos jogadores do clube do Restelo.

Atualmente com 79 anos, Vicente Lucas representou o Belenenses entre 1954 e 1966, ano em que um acidente de viação o obrigou a terminar a carreira. Representou ainda a Seleção Nacional por diversas vezes, incluindo no Mundial de 1966, em Inglaterra.

Trofa costuma ser amiga

- " Azuis levam vantagem histórica
O momento da equipa de Lito Vidigal não podia ser melhor (ou, por outro lado, se calhar até podia, se estivesse em primeiro... mas sejamos pragmáticos). Em 4.º lugar no campeonato, o grupo sonha com outros voos e, já agora, chegar longe nas taças nacionais. A equipa defronta no próximo sábado o Trofense, para a Taça de Portugal.Convém dizer que a Trofa é uma casa “amiga” dos azuis, fruto dos bons resultados que a equipa doRestelo por ali recolheu ao longo do tempo.

Em todas as competições, o Belém esteve naquela localidade do norte do país em cinco ocasiões, vencendo três e saindo derrotado nas restantes duas visitas.É, por isso, 60% de tradição positiva belenenses em casa doTrofense, um outro motivo para a motivação estar em alta.

O Belenenses cumpre hoje o último de três dias de descanso dados pelo treinador Lito. A equipa regressa amanhã ao trabalho, pelas 15 horas, no Estádio doRestelo.O treino é aberto.

Lito Vidigal espiou Trofense


- " Já a pensar no próximo desafio do Belenenses, a contar para a Taça de Portugal, Lito Vidigal aproveitou o segundo de dois dias de folga do plantel para assistir ao jogo entre o Trofense, adversário dos azuis na 4.ª eliminatória da prova rainha, e o V. Guimarães B (Liga 2).