sexta-feira, setembro 04, 2015

Betinho faz «hat-trick»

Betinho foi o autor dos três golos do Belenenses frente ao Vilafranquense
- " O avançado Betinho marcou na passada quinta-feira um «hat-trick» diante do Vilafranquense, na apresentação do clube ribatejano aos sócios, deixando assim boas indicações a Sá Pinto, como noticia esta sexta-feira A BOLA.

Betinho foi o autor dos três golos da equipa do Restelo, no jogo que terminou 3-1. O Vilafranquense disputa o Pró Nacional da AF Lisboa.

quinta-feira, setembro 03, 2015

Betinho com nota alta na apresentação do Vilafranquense

- " Avançado rubricou um hat trick (3-1)
O Belenenses foi o convidado esta quinta-feira na festa de apresentação aos sócios e adeptos do Vilafranquense, clube que milita na Pró-Nacional. 

Os azuis triunfaram por 3-1, num jogo em que o foco recaiu sobre um só jogador: Betinho. O avançado ex-Sporting rubricou um hat trick e fez, dessa forma, todos os golos da formação de Sá Pinto no Campo do Cevadeiro, em Vila Franca de Xira

Kuca e Leal de peso

- " Alargam substancialmente o leque de opções
É com mais alternativas que Sá Pinto pode encarar o resto da época. A contratação de Kuca e Luís Leal em cima do fecho do mercado alarga o leque de opções do meio-campo para a frente.

Com a defesa estabilizada e ainda à espera da recuperação de Palmeira, que pode ser lateral ou central, era no plano ofensivo que o técnico sentia mais carências. Por isso, as aquisições agora garantidas acabam por ser de peso porque, além da sua qualidade, permitem diversificar as opções devido à versatilidade que ambos apresentam.

Utilizando o 4x2x3x1 como esquema preferencial, Sá Pinto tem, designadamente para a posição 10, mais alternativas a Carlos Martins, atualmente a recuperar de lesão. A Tiago Silva juntam-se agora Sturgeon e Miguel Rosa, os quais podem derivar para o meio. Nas alas, Fábio Nunes, Dálcio e Traquina (esquerda), Kuca, Rosa e Sturgeon (direita) são opções que permitem outra gestão do plantel.

Na frente, Luís Leal junta-se a Caeiro, Camará e Betinho, sabendo-se que o mais recente reforço tem na mobilidade uma das principais armas. Se pensarmos que a época é longa e ninguém está livre de lesões e castigos, pode dizer-se que o plantel ficou equilibrado e com mais soluções.

Os 25 de Sá Pinto para a Liga Europa

- " O Belenenses enviou à UEFA uma lista de 25 jogadores para serem inscritos na fase de grupos da Liga Europa de futebol, que arranca a 17 de Setembro.
Os 'azuis' do Restelo foram integrados no grupo I da competição, que integra ainda os italianos da Fiorentina, os suíços do Basileia e os polacos do Lech Poznan.

Lista dos 25 futebolistas eleitos pelo treinador Sá Pinto:

Guarda-redes: Ventura, Ricardo e Filipe Mendes.

Defesas: João Amorim, Tonel, João Afonso, André Geraldes, Filipe Ferreira, Gonçalo Brandão e Gonçalo Silva.

Médios: João Vilela, Rúben Pinto, Miguel Rosa, André Sousa, Tiago Silva, Ricardo Dias e Carlos Martins.

Avançados: Tiago Caeiro, Betinho, Kuca, Dálcio, Fábio Sturgeon, Abel Camará, Fábio Nunes e Luís Leal.

quarta-feira, setembro 02, 2015

Gonçalo Brandão: «É difícil dizer não a um dos três grandes»

 - " APESAR DE NÃO VER MOTIVOS PARA DEIXAR BELÉM
Gonçalo Brandão admite terminar a carreira no Belenenses. O central, de 28 anos, diz-se feliz no clube da cruz de Cristo e deixou escapar que só uma proposta de FC Porto, Benfica ou Sporting o faria pensar.

"É difícil dizer que não a um dos três grandes, mas neste momento só penso no Belenenses. Vimos de uma época fantástica e longa, na qual alcançámos um feito histórico. Um dia irei contar aos meus filhos e netos que entrei na história do Belenenses. Portanto, sendo este um clube histórico, que agora está a atravessar uma boa fase financeira, graças ao fantástico trabalho desta SAD nessa vertente, não vejo o porquê de estar a pensar ir para outro lado, quando aqui tenho todas as condições para ser feliz", referiu em entrevista ao site Comunidade Azul.

O capitão abordou depois o trabalho do treinador Ricardo Sá Pinto em época de estreia no Restelo, deixando muitos elogios ao técnico: "Sá Pinto trabalha como os jogadores gostam: com intensidade, com bola e foi fácil ambientarmo-nos aos seus métodos. É um treinador ambicioso. Quer sempre ganhar, seja um amigável ou um jogo da Liga Europa. Sabe o que é preciso para se ganhar e sabe o que não podemos fazer para evitar que corra mal. Os resultados estão à vista. Fizemos um excelente campanha na Europa e no campeonato ainda não ganhámos, mas também não perdemos, e temos jogado contra adversários com outros objetivos. Tudo somado, acho que está a ser muito positiva esta adaptação ao treinador e do treinador ao grupo".

Kuca e Luís Leal incritos na Liga Europa, Palmeira de fora

Kuca reforçou o Belenenses no último dia de mercado
 Belenenses inscreveu 25 jogadores para a fase de grupos da Liga Europa. As principais novidades são os reforços Luís Leal, Kuca e Gonçalo Silva.

Por outro lado, Mário Palmeira, ainda a recuperar de uma rotura muscular na coxa direita, é a grande ausência da lista enviada para a UEFA, onde também não constam Rafael Floro e João Traquina.

Lista dos 25 inscritos:

Guarda-redes: Ventura, Ricardo e Filipe Mendes;

Defesas: João Amorim, Tonel, João Afonso, André Geraldes, Filipe Ferreira, Gonçalo Brandão e Gonçalo Silva;

Médios: João Vilela, Rúben Pinto, Miguel Rosa, André Sousa, Tiago Silva, Ricardo Dias e Carlos Martins;

Avançados: Tiago Caeiro, Betinho, Kuca, Dálcio, Fábio Sturgeon, Abel Camará, Fábio Nunes e Luís Leal.

Êxito com jogadores nacionais inspira espanhóis

A edição do diário desportivo de Madrid demonstra que a contenção de custos e a aposta em jogadores do País pode compensar, e dedica uma página ao clube da cruz de Cristo
- " A aposta do Belenenses em jogadores nacionais, sem impedir o sucesso desportivo e sem violar contenção financeira, tem repercussão mediática em termos internacionais palpável em Espanha, onde o jornal desportivo de Madrid ‘As’ dedicou uma página ao êxito do emblema do Restelo, sexto classificado da última Liga e na fase de grupos da Liga Europa da UEFA.

Se os casos de Athletic de Bilbau e Real Sociedad, ao apostarem exclusivamente em jogadores bascos - pelo menos durante largos anos, agora o português Bruma representa o clube de San Sebastian, como Carlos Xavier, Sá Pinto e Oceano o fizeram - , é uma tradição em Espanha, a invasão de profissionais estrangeiros na Liga do país vizinho levou o ‘As’ a olhar para o caso de sucesso do clube do Restelo, com a aposta em jogadores portugueses, como modelo a seguir e dedicar uma página ao Belenenses na edição de terça-feira.

Sem Sturgeon e Carlos Martins

Chamada de Sturgeon à Seleção sub-21 reduziu número de efetivos à ordem de Sá Pinto para a dupla sessão de treinos desta quarta-feira
- " A  chamada de Fábio Sturgeon à Seleção sub-21, na noite de terça-feira, em substituição do lesionado Gonçalo Paciência, reduziu o leque de jogadores às ordens do treinador do Belenenses, Ricardo Sá Pinto, que continua ainda a ter o internacional português Carlos Martins condicionado.

Como se pode ler na edição impressa de A BOLA desta quarta-feira, já com Sturgeon integrado nos comandados do selecionador nacional sub-21, Rui Jorge, em Rio Maior, o jogador do clube da cruz de Cristo, protagonista de aparatoso choque com Betinho (Marítimo) no jogo da terceira jornada da Liga, disputado segunda-feira no Restelo (1-1), treinou-se sem problemas antes de rumar à Seleção sub-21, que irá defrontar a Albânia.

Carlos Martins continua a trabalhar sob vigilância do departamento médico, devido a uma lesão no gémeo da perna direita. Há esperança que recupere durante a pausa de competição de duas semanas na Liga, motivada pelos compromissos das seleções. A recuperar de uma rotura muscular está ainda o polivalente defesa Mário Palmeira.

Luís Leal e Kuca, últimos reforços a chegarem ao clube lisboeta antes do encerramento do mercado de transferência, cumprem esta quarta-feira a dupla sessão de treinos agendada por Sá Pinto, depois de se terem estreado no grupo na véspera.

Os azuis do Restelo deslocam-se a Vila Franca de Xira quinta-feira, onde irão defrontar, no Campo do Cevadeiro, o Vilafranquense (18 horas), jogo que serve de preparação aos lisboetas e de apresentação da equipa local, que irá disputar o escalão Pró-Nacional da AF Lisboa.

SUB 21 : Fábio Sturgeon substitui Gonçalo Paciência

Fábio Sturgeon junta-se aos trabalhos da seleção sub-21 já esta quarta-feira
- " Fábio Sturgeon (Belenenses) foi o eleito pelo selecionador Rui Jorge para substituir Gonçalo Paciência. O avançado, recorde-se, foi dispensado dos trabalhos devido a uma lesão no tornozelo esquerdo.

Sturgeon junta-se já esta quarta-feira à seleção sub-21, que se encontra a estagiar em Rio Maior, onde prepara o primeiro jogo da fase de qualificação para o Europeu 2017, agendado para o próximo dia 8, na Albânia.

terça-feira, setembro 01, 2015

Kuca oficializado e já se treina

Kuca impressionou em Portugal ao serviço do Estoril, e chegou cedido pelo Karabukspor (Turquia)
- " O  Belenenses garantiu o empréstimo por uma temporada do médio ofensivo cabo-verdiano Kuca, de 26 anos, que chegou ao Restelo cedido pelo Karabukspor (Turquia) e já se treina, na manhã desta terça-feira, às ordens de Sá Pinto no clube lisboeta.

Como se pode ler na edição impressa de A BOLA desta terça-feira, Kuca, que deu nas vistas no Estoril – tal como Luís Leal, outra reforço garantido pelo clube da cruz de Cristo por empréstimo (do Apoel, de Chipre), mas neste caso com opção de comprea –assistiu, segunda-feira, ao empate (1-1) do Belenenses diante do Marítimo, no Restelo, jogo da terceira jornada da Liga.

O último reforço do emblema lisboeta, que logrou o apuramento para a fase de grupos da Liga Europa - após o sexto lugar na classificação final do último campeonato, e de se desenvencilhar dos suecos do Gotemburgo e dos austríacos do Altach nas pré-eliminatórias da UEFA - foi oficializado pela SAD do clube na sua página na rede social Facebook.

segunda-feira, agosto 31, 2015

Sá Pinto considera que o cansaço poderá ter afetado a sua equipa

Sá Pinto
- " O  treinador do Belenenses, Ricardo Sá Pinto, alegou que o jogo na Liga Europa poderá ter deixado marcas na condição física e daí o empate frente ao Marítimo (1-1).

«O cansaço pode ter influenciado nas tomadas de decisão, na nossa circulação de bola. Jogámos contra uma boa equipa, com bons jogadores, com objetivos diferentes dos nossos. Percebemos a nossa realidade e sabemos quais os nossos objetivos», afirmou Sá Pinto.

Ainda assim, o técnico ficou satisfeito com o começo do jogo.

«Tivemos uma entrada muito boa no jogo. Poderíamos ter feito um golo, pelo menos, mas o futebol também se decide pela eficácia e por detalhes. Acabámos por sofrer um golo que nasce de um canto que não deveria ter existido. O jogo foi muito repartido. Estou feliz porque os jogadores demonstraram mais uma vez caráter e que queriam ganhar o jogo.»

Belenenses: Kuca é reforço para Sá Pinto

Belenenses: Kuca é reforço para Sá Pinto
- " Extremo cabo-verdiano chega por empréstimo do Karabukspor
Kuca vai ser reforço do Belenenses. O extremo cabo-verdiano esteve esta segunda-feira no Estádio do Restelo para acertar os últimos detalhes do acordo e vai ser anunciado antes do fecho do mercado.

Kuca chega por empréstimo dos turcos do Karabukspor, um dia depois da equipa lisboeta ter garantido a chegada de Luís Leal, também por empréstimo dos cipriotas do APOEL.

Esta é a segunda experiência do jogador de 26 anos na Liga portuguesa. Na época passada, recorde-se, foi um dos jogadores em evidência no Estoril durante a primeira metade da época, mas as boas exibições valeram-lhe então a transferência para o futebol turco em janeiro deste ano. Mais artigos:

Kuca é reforço

 
 - " EX-ESTORIL REGRESSA A PORTUGAL
O extremo Kuca, que se notabilizou em Portugal ao serviço do Estoril, foi esta segunda-feira confirmado como reforço do Belenenses, clube ao qual chega proveniente dos turcos do Karabukspor.

Sá Pinto: «Ainda não perdemos. Estamos invencíveis no campeonato»

Sá Pinto: «Ainda não perdemos. Estamos invencíveis no campeonato»

- " Ricardo Sá Pinto, treinador do Belenenses, em declarações na sala de imprensa do Estádio do Restelo após o empate (1-1) com o Marítimo:

«Se o desgaste da Liga Europa influenciou? Sem dúvida que pode ter influenciado na nossa tomada de decisão, na velocidade de circulação da bola. Tudo isso é normal. Jogámos contra uma boa equipa, com objetivo definidos de Liga Europa e com bons jogadores. Percebemos a nossa realidade e sabemos exactamente quais são os nossos objetivos.»

«O jogo foi equilibrado. A nossa entrada no jogo foi muito boa. Podíamos ter feito um golo pelo menos. E o futebol também é isto. É eficácia e decide-se por detalhes. Acabámos por sofrer um golo num lance que não existe. Um pontapé de canto que é marcado a favor do Marítimo.»

«As equipas encaixaram-se muito. Não houve gestão do ritmo de jogo, que temos de fazer quando estamos mais cansado. Mas estou feliz porque os jogadores demonstraram caráter e quiseram ganhar o jogo. Podíamos ter feito mais um golo, mas não foi possível. Não conseguimos uma vitória ainda, mas também não perdemos. Estamos invencíveis.»

«Se a paragem do campeonato é positiva? Penso que sim. Pelo menos não jogarmos daqui a três dias. Vamos poder descansar e corrigir algumas coisas, nomeadamente o golo que sofremos de bola parada, que não pode acontecer.»

«[Sobre Luís Leal, reforço do Belenenses] Traz qualidade, velocidade, criatividade, verticalidade. Aquilo que é fundamental no futebol. Capacidade de finalizar com os dois pés e é muito forte nas bolas paradas.»

Kuca garantido por empréstimo

Kuca regressa a Portugal
- " Depois de Luís Leal, avançado garantido por empréstimo junto do APOEL, o Belenenses fechou neste derradeiro dia de mercado mais um reforço para o plantel às ordens de Ricardo Sá Pinto.

A BOLA está em condições de garantir que Kuca, extremo internacional cabo-verdiano de 26 anos, vai ser reforço do Belenenses até final da temporada.

Tal como Luís Leal, também Kuca deu nas vistas ao serviço do Estoril. Em janeiro, o extremo acabou por ser transferido para o Karabukspor, da Turquia, onde acabou por não se afirmar.

Agora, Kuca regressa a Portugal, através do Belenenses, cedido pelo emblema turco aos azuis até final da temporada.

Belenenses e Marítimo ainda sem ganhar

- " Azuis e madeirenses empataram a uma bola no Restelo.O Belenenses e o Marítimo mantiveram-se sem ganhar na I Liga portuguesa de futebol, ao empatarem a um golo no Estádio do Restelo, em Lisboa, em encontro da terceira jornada da prova.

A formação madeirense marcou primeiro, aos 33 minutos, pelo brasileiro Fransérgio, mas os locais chegaram à igualdade na segunda metade, aos 73, por Miguel Rosa.

O conjunto de Sá Pinto soma agora três pontos, correspondentes a outros tantos empates, enquanto a equipa do Funchal contabiliza dois.

Belenenses-Marítimo, 1-1 (crónica)

Belenenses-Marítimo, 1-1 (crónica)
- " Insulares estiveram em vantagem, mas Miguel Rosa empatou na segunda parte
Belenenses e Marítimo empataram esta segunda-feira a uma bola, num jogo disputado, e continuam sem somar qualquer triunfo nesta edição da Liga.

Filme e ficha do jogo

A primeira parte foi muito dividida, com as duas equipas a disporem de várias oportunidades e a tentarem causar mossa através de ataques rápidos. Sem Carlos Martins (novamente de fora por lesão), os lisboetas entraram melhor na partida. Aos dois minutos, Rúben Pinto tentou o chapéu a Salin, mas o guarda-redes do Marítimo defendeu para canto.

Apesar do equilíbrio de forças, dava a sensação de que o conjunto insular estava mais sereno. Muito bem arrumado defensivamente, o Marítimo resolvia a maior parte dos problemas causados pelo ataque dos azuis através da armadilha do fora-de-jogo. Uma estratégia quase sempre bem afinada, mas que por pouco não deu para o torto aos 13 minutos, quando Miguel Rosa perdeu o tempo de remate.

Do outro lado, a defesa do Belenenses passava por dificuldades. Pelo chão, Dyego Sousa falhou uma dupla oportunidade de golo, mas foi pelo ar que o Marítimo se adiantou no marcador, pouco depois da meia hora de jogo.

Fransérgio saltou sem oposição na pequena área e fez o 1-0. Não que os homens de Sá Pinto não estivessem avisados. Antes, por duas vezes, os insulares já tinham explorado as debilidades da equipa da casa no jogo aéreo.
Após o golo, o Marítimo conseguiu gerir o jogo perante um Belenenses demasiado nervoso e a precisar do intervalo.

Mas, ao contrário do que seria de esperar, o Belenenses não regressou melhor para o segundo tempo e os insulares até podiam ter dilatado a vantagem pouco depois do recomeço, por intermédio de Tiago Rodrigues, primeiro, e Dyego Sousa, depois.

O que quer que Sá Pinto tenha dito aos jogadores nos balneários, não estava a resultar. Por isso mesmo, resolveu mexer. De uma assentada, lançou Camará e Betinho para os lugares de Tiago Silva e Caeiro. Em termos de caudal ofensivo, a dupla substituição não mudou muito, mas trouxe mais oxigénio ao ataque da equipa dos lisboetas, que lá conseguiram chegar ao empate a menos de 20 minutos do fim.

Camará bombeou da esquerda para a direita, onde Rúben Pinto colocou de cabeça para Miguel Rosa, que se antecipou à defesa do Marítimo.

O empate parecia saber melhor ao Belenenses do que propriamente aos insulares, que estiveram perto da vitória já em período de descontos. Tiago Rodrigues bateu direto um livro junto à linha lateral e, não fosse Ventura, os insulares tinham regressado à Madeira com os três pontos.

Empate que se ajusta no Restelo, mas com um toque mais agridoce para os visitantes, que produziram mais ao longo dos 90 minutos num jogo em que as duas equipas protagonizaram um melhor espetáculo nos primeiros 45 minutos do que propriamente na etapa complementar. Ainda não foi desta que Belenenses e Marítimo somaram a primeira vitória nesta Liga.

Belenenses e Marítimo continuam sem vencer na Liga (1-1)

Ricardo Sá Pinto, treinador do Belenenses
- " Belenenses e Marítimo empataram, esta segunda-feira, a uma bola, e continuam sem qualquer vitória na presente edição da Liga.

Fransérgio (33) colocou os insulares em vantagem, enquanto Miguel Rosa (73) igualou para os azuis do Restelo.

Belenenses-Marítimo, 1-1 Fransérgio e Miguel Rosa nos golos

Belenenses-Marítimo, 1-1 (resultado final)
- " O Belenenses somou nesta segunda-feira o terceiro empate em outros tantos jogos, diante do Marítimo (1-1) num dos dois jogos da Liga marcados para esta segunda-feira. Como aconteceu nas duas primeiras jornadas, os azuis do Restelo estiveram a perder, com Fransérgio a marcar para os visitantes, aos 31 minutos. Miguel Rosa, de cabeça, aos 73, fixou o empate final, que mantém a invencibilidade dos azuis, em sete jogos oficiais, e deixa o Belenenses na 11ª posição, com mais um ponto do que o seu adversário desta noite, que nos descontos ainda viu Tiago Rodrigues ser expulso por acumulação de amarelos.

domingo, agosto 30, 2015

SAD confirma contratação de Luís Leal

Luís Leal já equipa de azul
- " A SAD do Belenenses confirmou, ao final desta noite, a contratação de Luís Leal, confirmando assim a notícia exclusiva de A BOLA, dada na edição impressa deste domingo.

O avançado de 28 anos, internacional por São Tomé e Príncipe, chega ao Belenenses cedido pelo APOEL, do Chipre, até final desta temporada.

Além do APOEL, Luís Leal representou ainda o Al-Ahli, da Arábia Saudita, o Al Ittihad, dos Emirados Árabes Unidos, e o Gaziantepsor, da Turquia, depois de ter deixado o Estoril, em 2013/2014.

Luís Leal reforça azuis

- " AVANÇADO CHEGA PROVENIENTE DO APOEL
O Belenenses anunciou este domingo, através das redes sociais, a contratação do avançado Luís Leal, futebolista que chega ao conjunto do Restelo proveniente do APOEL. Na mensagem partilhada pelos azuis, através da página da SAD, não é revelada qualquer informação quanto ao tipo de negócio, nem a duração do contrato do avançado de 28 anos, internacional por São Tomé and Príncipe.

Com esta transferência, Luís Leal regressa ao seu país natal, onde atuou pela última vez em 2012/13, ao serviço do Estoril, antes de se mudar para o Al-Ahli.

Belenenses confirma Luís Leal

Belenenses confirma Luís Leal
O Belenenses oficializou este domingo à noite a contratação de Luís Leal. 
- " Avançado representava o APOEL, do Chipre
O avançado regressa ao futebol português um ano e meio depois de ter deixado o Estoril rumo ao estrangeiro, onde desde então representou quatro clubes: Al-Ahli (Arábia Saudita), Al Ittihad (Emirados Árabes Unidos), Gaziantepspor (Turquia) e os cipriotas do APOEL, onde estava desde o início desta temporada.

Sá Pinto quer Belenenses "focado" no Marítimo

- " Após inédita qualificação europeia, treinador do Belenenses pede concentração total para o jogo desta segunda-feira no Restelo.
O treinador do Belenenses alertou para a necessidade de a equipa manter o "foco", depois da qualificação para a fase de grupos da Liga Europa de futebol, e frisou que o Marítimo vai criar "grandes dificuldades" aos 'azuis'.
Ricardo Sá Pinto, que fazia a antevisão da partida da terceira jornada da I Liga portuguesa, afirmou que o Belenenses tem de se "manter em alerta", referindo mesmo que o conjunto madeirense é melhor do que os austríacos do Altach.

"Que isso não sirva para nos desfocar. Temos de nos manter em alerta. Esta é uma competição completamente diferente e o Marítimo é um adversário superior ao Altach. Teremos de manter a atenção e a atitude que temos tido até aqui", afirmou Sá Pinto, em conferência de imprensa.

O técnico admitiu que o Belenenses poderá "não estar tão fresco quanto o Marítimo", devido à partida europeia a meio da semana, mas, por outro lado, salientou a "confiança e motivação" dos lisboetas, resultantes do histórico apuramento.

Ainda assim, Sá Pinto antevê um "encontro equilibrado e difícil", considerando mesmo que os madeirenses "não têm pontos fracos".

"É uma equipa moralizada pelo empate com o FC Porto, tem objetivos diferentes dos nossos nesta I Liga e assumiu que vai lutar pela Liga Europa. Espero um Marítimo à imagem do Ivo [Vieira], a querer praticar bom futebol. Prevejo grandes dificuldades", sublinhou.

Além de ter mantido a dúvida quanto à recuperação de Carlos Martins, que falhou os últimos três jogos, por lesão, o técnico rejeitou igualmente comentar a suposta contratação do avançado Luís Leal, proveniente dos cipriotas do APOEL: "Não posso confirmar nada nesta altura."

De resto, Sá Pinto manteve o discurso relativamente ao sorteio da fase de grupos da Liga Europa, que colocou o Belenenses no grupo I, juntamente com Basileia, Fiorentina e Lech Poznan.

"Ainda não é altura de falar nisso. Estamos atentos e a tirar informação sobre os adversários, mas nesta altura estou apenas focado neste jogo [com o Marítimo]", disse.

Belenenses e Marítimo jogam esta segunda-feira, a partir das 19h00, no Estádio do Restelo, em Lisboa, num encontro que será dirigido pelo árbitro Tiago Martins, de Lisboa.

«Não detetei pontos fracos no Marítimo» - Ricardo Sá Pinto

Ricardo Sá Pinto, treinador do Belenenses
- " Depois dos empates com Rio Ave e Vitória de Guimarães, o Belenenses fecha amanhã a 3.ª jornada da Liga, com a receção ao Marítimo, numa semana absolutamente histórica para os azuis, que garantiram a presença na fase de grupos da Liga Europa.

«Vai ser um jogo equilibrado, difícil, contra uma equipa na qual, sinceramente, não detetei pontos fracos», admitiu Ricardo Sá Pinto, treinador dos azuis, para quem o Marítimo está tão motivado como o Belenenses:

«Vem moralizada depois do empate com o FC Porto, tem objetivos diferentes dos nossos, assumindo claramente a luta pelas competições europeias, e tem um orçamento maior.»

Ainda assim, Sá Pinto pretende alcançar a primeira vitória como treinador do Belenenses no campeonato.

«Espero que possamos fazer um jogo sério, de qualidade, com organização. Espero que a Liga Europa não sirva para desfocar mas para motivar. O Marítimo é igual ou superior ao Altach, logo temos de manter a mesma atitude», explicou o treinador, que não desfez as dúvidas em relação à recuperação de Carlos Martins:

«Vamos ver, vamos aguardar. Tem mantido a sua forma, dentro daquilo que necessita para recuperar a sua plenitude.»

Sá Pinto: «Não detetei pontos fracos no Marítimo»

 - " TÉCNICO ELOGIA RIVAL COM AMBIÇÃO EUROPEIA
Sá Pinto anteviu este domingo a partida da terceira jornada da Primeira Liga, que irá opôr o Belenenses ao Marítimo, no Estádio do Restelo. O técnico dos azuis acredita que irá ser um teste complicado para a sua equipa até porque os verderubros têm um orçamento de outro nível.

"Vai ser equilibrado e difícil contra uma equipa contra a quem não detetei pontos fracos. A equipa do Marítimo está fresca, moralizada e tem objetivos diferentes dos nossos. O orçamento permite que assumam a luta por um lugar europeu. Espero um Marítimo a jogar bom futebol à imagem do seu treinador mas ainda assim vamos lutar pelos três pontos", começou por explicar em conferência de imprensa, não abrindo o jogo quanto à utilização de Carlos Martins. "Tem mantido a forma dentro daquilo que é o normal".

Sobre o possível cansaço na sequência do compromisso europeu, Sá Pinto assume que o Marítimo estará "mais fresco" mas atenta na confiança do seu grupo, atirando a pressão para longe em caso de um resultado que não a vitória.

"Não estamos tão frescos como o Marítimo mas estamos confiantes e motivados. É sempre bom ter a alegria a jogar. Temos de estar alerta porque o Marítimo pode ser igual ao Altach."

Ricardo Sá Pinto abordou, por fim, o mercado de transferências e disse que sobre a possibilidade de contratar Luís Leal "não se pode confirmar nada nesta altura".

Já João Amorim referiu que o Belenenses vai "defrontar um adversário complicado e com ambições europeias". Sobre o apuramento para a fase de grupos da Liga Europa, o defesa do Restelo recorda a importância do feito." Foi um momento histórico para o clube. É importante porque são as vitórias que trazem mais alegria ao grupo".

João Amorim diz ainda "trabalhar sempre no máximo para conquistar um lugar na equipa" e "se estiver forte o grupo também vai sair por cima".

Carlos Martins deverá ficar de fora

Carlos Martins ainda não recuperou da lesão contraída na Áustria
- " O  médio Carlos Martins, que se lesionou no aquecimento para o jogo com o Altach na Áustria, continua a treinar-se de forma condicionada e não deverá ser opção para a receção da próxima segunda-feira ao Marítima, como pode ler este domingo em A BOLA.

Sá Pinto, técnico dos azuis do Restelo, não pretende arriscar o agravamento das queixas do médio, pelo que o jogador deve, à imagem do que aconteceu no jogo com o V. Guimarães, ficar de fora dos eleitos de modo a regressar depois à plenitude das suas capacidades no jogo com o Benfica.